Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14218
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorDomingos Sobrinho, Moiséspt_BR
dc.contributor.authorMelo, Elda Silva do Nascimentopt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T14:36:03Z-
dc.date.available2010-03-12pt_BR
dc.date.available2014-12-17T14:36:03Z-
dc.date.issued2009-11-10pt_BR
dc.identifier.citationMELO, Elda Silva do Nascimento. Representação social do ensinar: a dimensão pedagógica do habitus professoral. 2009. 197 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14218-
dc.description.abstractTeaching is an activity inherent to the human condition. Historically, from the institutionalization of education, the key role to pursue that activity has been attributed to the teacher, who is required to adapt to the demands of each historical conjuncture. Currently, according to the new paradigmatic requirements, the teacher must possess various skills in order to handle the complex and challenging act of teaching. Assuming the existence of a gap between what the State and the scientific discourse recommend the teacher act upon in the classroom, a decision was made to identify the configuration and structure of social representation in the act of teaching, put forth by elementary school teachers in the public schools of Natal, RN, Brazil. Therefore, the research relied on the theoretical model developed by Domingos Sobrinho (1998, 2000, 2003), which articulates the praxeology of Pierre Bourdieu with the theory of social representations of Serge Moscovici (1978). It was intended to demonstrate how teachers habitus, in its due historical context, directs the construction of social representations in the act of teaching which guides the actions of the teacher, particularly in the classroom context. At the methodological level, the following methods and techniques were used: bibliographic and documentary review in order to identify the scientific discourse on the subject matter and the official parameters of educational regulation and the act of teaching; the Procedure of Multiple Classifications PMC in order to capture the configuration and structure of the representational content in focus, the direct observation of the classroom to identify in actual terms the social representation as "guide to action" as the theory preaches. From the standpoint of the analysis, quantitative data were analysed through Multidimensional Scaling MDS, covering in this study the Multidimensional Scale Analysis MSA and Smallest Space Analysis SSA; and non-parametric statiscal techniques. Additional data of qualitative value had to undergo categorical content analysis. It was then concluded that the teachers investigated guided themselves by social representation, the product of collectively constructed and shared assumptions about the act of teaching, forming a synthesis of different sources of information and knowledge acquirement, involving elements of common sense, religious habitus, pedagogic models considered outdated, the agencies responsible for teacher training and the hegemonic discourse about education todayeng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectensinarpor
dc.subjectrepresentação socialpor
dc.subjecthabituspor
dc.subjectcampo educacionalpor
dc.subjectteachingeng
dc.subjectsocial representationeng
dc.subjecthabituseng
dc.subjecteducational fieldeng
dc.titleRepresentação social do ensinar: a dimensão pedagógica do habitus professoralpor
dc.typedoctoralThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/1296070757502494por
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4006015131926244por
dc.contributor.referees1Andrade, érika dos Reis Gusmão dept_BR
dc.contributor.referees1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0778953049451033por
dc.contributor.referees2Carvalho, Maria do Rosário de Fátima dept_BR
dc.contributor.referees2Latteshttp://lattes.cnpq.br/1919917745460678por
dc.contributor.referees3Silva, Rosália de Fátima ept_BR
dc.contributor.referees3Latteshttp://lattes.cnpq.br/2560174506689869por
dc.contributor.referees4Lira, André Augusto Dinizpt_BR
dc.contributor.referees4Latteshttp://lattes.cnpq.br/8891017471432810por
dc.contributor.referees5Melo, Marileide Maria dept_BR
dc.contributor.referees5IDCPF:04402014468por
dc.contributor.referees5Latteshttp://lattes.cnpq.br/9221161063153417por
dc.description.resumoEnsinar é uma atividade inerente à condição humana. Historicamente, a partir da institucionalização do ensino, o papel privilegiado para exercer essa atividade tem sido atribuído ao professor, o qual se vê obrigado a adequar-se às demandas de cada conjuntura histórica. Atualmente, de acordo com as novas exigências paradigmáticas, esse precisa ser portador de competências diversas, para dar conta da complexidade e desafios do ato de ensinar. Partindo do pressuposto da existência de um descompasso entre o que o Estado e o discurso científico receituam para a ação do professor em sala de aula, decidiu-se identificar a configuração e estrutura da representação social do ato de ensinar, construída pelos professores do ensino fundamental da rede pública estadual de Natal/RN. Para tanto, a pesquisa apoiou-se no modelo teórico desenvolvido por Domingos Sobrinho (1998; 2000; 2003), que articula a praxiologia de Pierre Bourdieu com a teoria das representações sociais de Serge Moscovici (1978). Buscou-se, assim, demonstrar como um habitus professoral, historicamente situado, pauta a construção da representação social do ato de ensinar que orienta as ações do professor, em particular, no contexto da sala de aula. No plano metodológico, lançou-se mão dos seguintes métodos e técnicas: revisão bibliográfica e documental visando a identificar o discurso científico sobre o objeto em questão e os parâmetros oficiais de regulação do ensino e do ato de ensinar; o Procedimento de Classificações Múltiplas PCM, tendo em vista apreender a configuração e estruturação do conteúdo representacional em foco; a observação direta da sala de aula para identificar, em atos, a representação social como guia para a ação , conforme apregoa a teoria. Do ponto de vista da análise, os dados de caráter quantitativo foram analisados através da técnica de Escala Multidimensional MDS, abarcando, nesse estudo, a Análise Escalonar Multidimensional MSA e a Análise de Menores Espaços SSA; e, de técnicas estatísticas não-paramétricas. Os demais dados, de caráter qualitativo, foram submetidos à análise categorial de conteúdo. Conclui-se, assim, que o professorado investigado orienta-se por uma representação social, produto de uma atribuição de sentido coletivamente construído e compartilhado a respeito do ato de ensinar, constituindo-se numa síntese de diferentes fontes de informação e produção de saberes, que envolve elementos do senso comum, de um habitus religioso, de modelos pedagógicos considerados ultrapassados, das agências responsáveis pela formação docente e do discurso hegemônico sobre a educação atualmentepor
dc.publisher.departmentEducaçãopor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EldaSNM.pdf1,97 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.