Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14310
Título: Objetiva(ação) da medida e contagem do tempo em práticas socioculturais e educativas
Autor(es): Barros, Osvaldo dos Santos
Palavras-chave: Medição e contagem do tempo;Ensino da matemática;Ensino de conceitos geométricos;Etnomatemática;Etnoastronomia;Measurement and timing;Mathematics teaching;Teaching geometric concepts;Ethnomathematics;Ethnoastronomy
Data do documento: 14-Dez-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: BARROS, Osvaldo dos Santos. Objetiva(ação) da medida e contagem do tempo em práticas socioculturais e educativas. 2010. 164 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: This thesis describes and analyzes various processes established and practiced by both groups about the socio-cultural objective (action) the measurement and timing, mobilized some socio-historical practices as the use of the gnômon of the sundial and reading and interpretation of movements celestial constellations in cultural contexts such as indigenous communities and fishermen in the state of Pará, Brazil. The Purpose of the study was to describe and analyze the mobilization of such practices in the socio-historical development of matrices for teaching concepts and skills related to geometric angles, similar triangles, symmetry and proportionality in the training of mathematics teachers. The record of the entire history of investigation into the socio-historical practice, the formative action was based on epistemological assumptions of education ethnomathematics proposed by Vergani (2000, 2007) and Ubiratan D'Ambrosio (1986, 1993, 1996, 2001, 2004) and Alain Bishop conceptions about mathematics enculturation. At the end of the study I present my views on the practices of contributions called socio-cultural and historical for school mathematics, to give meaning to the concept formation and teaching of students, especially the implications of Education Ethnomatematics proposed by Vergani (2000) for training of future teachers of mathematics
metadata.dc.description.resumo: Esta tese descreve a analisa alguns processos estabelecidos e praticados por dois grupos socioculturais acerca da objetiva(ação) da medição do tempo, mobilizados de algumas práticas sócio-históricas como o uso do gnômon, do relógio de Sol e a leitura e interpretação dos movimentos das constelações celestes, em contextos culturais como as comunidades indígenas e de pescadores do estado do Pará. A finalidade do estudo foi descrever a mobilização de tais práticas sócio-históricas na elaboração de matrizes para o ensino de conceitos e habilidades geométricas relacionadas a ângulos, semelhança de triângulos, proporcionalidade e simetria na formação de professores de Matemática. O registro de toda a trajetória de investigação das práticas sócio-históricas, da ação formativa, foi realizado com base nos pressupostos epistemológicos da Educação Etnomatemática, propostos por Vergani (2000, 2007) e D Ambrosio (1986, 1993, 1996, 2001, 2004). e nas concepções de Alain Bishop acerca da Enculturação Matemática. Ao final do estudo apresento minhas impressões quanto às contribuições mobilizadas das práticas sócio-históricas e culturais para a matemática escolar, no sentido de dar significação à formação conceitual e didática dos alunos, principalmente nas implicações da Educação Etnomatemática proposta por Vergani (2000, 2007) para a formação de futuros professores de Matemática
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14310
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
OsvaldoSB_TESE.pdf8,09 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.