Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14536
Título: O Evangelho segundo a Pastoral da Criança :por uma pedagogia da sobrevivência
Autor(es): Nascimento, José Mateus do
Palavras-chave: Igreja Católica;Pastoral da Criança;Ação socioeducativa;Pobreza;Sobrevivência;Catholic Church;Pastoral da Criança;Social-Educational ations;Poverty;Survival
Data do documento: 28-Nov-2006
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: NASCIMENTO, José Mateus do. O Evangelho segundo a Pastoral da Criança :por uma pedagogia da sobrevivência. 2006. 266 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.
Resumo: This work aims to analyze social and educational actions at Pastoral da Criança, using education as a survival tool. This was done at Parque dos Coqueiros, a neighborhood in Natal, Rio Grande do Norte. The methodology for data collection was composed of comprehensive interview (Jean Kaufmann), participant observation (Robert Bogdan) and documental analysis (Le Goff); all os which bring reflections related to concepts such as strategies, tatics and know how (Michel de Certeau), configuration (Nobert Elias), and control technology (Michel de Foucault), care ethics (Leonardo Boff) and etno-theories (Natália Ramos). Pastoral da Criança is a social action organism that belongs to the National Conference of Bishops of Brazil, originated at Florestópolis, Londrina (Paraná), in the year of 1983. These actions have been an expression of a new logic of actions of the Catholic Church. It values the participation of laymen in the activities of the Pastoral. Thus, the parish is seen as a nucleus that irradiates the Church s Social Doctrine. At Rio Grande do Norte this institution has guided poverty stricken families on issues related to children s health as well as working with laymen for volunteer work. This is considered devotion, that is firmed by an individual and group mystique. The social and educational actions are done in three axes: 1) Monthly home visits, where there is mother-child support; 2) Life Celebration Day, where they weigh children and promote nutritional surveillance; 3) Meeting for Evaluation and Reflection, that aims to articulate community leaders to think about problems attached to the social actions they realize. This action tripod , as it is called by the Pastoral Agents are the types of actions that fundament survival education for poor children ranging from 0 to 6 years old. The families learn to deal with prevention, the essential, the alternative and probabilities of survival tactics due to exclusion matters or even social extermination. The Pastoral da Criança aims to recover childhood emotions in poverty stricken areas. It also has influence in the diminishing of malnutrition and mother and child mortality. This education for survival is the base on the art of teaching and learning of poverty stricken children. It is a social educational action, non assistencialist, but considered a shy action in order to promote mobilization of the communities that are accompanied for the emancipation and change of social conditions
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa, desenvolvida no Bairro Parque dos Coqueiros, na cidade de Natal, Rio Grande do Norte, analisa a ação socioeducativa da Pastoral da Criança como pedagogia da sobrevivência, cultivada entre as populações pobres. Utiliza os pressupostos teórico-metodológicos da entrevista compreensiva (Jean Kaufmann), observação participante (Robert Bogdan) e análise documental (Le Goff); trazendo à reflexão conceitos como estratégias, táticas e as artes de fazer (Michel de Certeau), configuração (Nobert Elias), tecnologias de controle (Michel de Foucault), ética do cuidado (Leonardo Boff) e etnoteorias (Natália Ramos). A Pastoral da Criança é um organismo de ação social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, criada no município de Florestópolis, Londrina (Paraná), no ano de 1983. Expressa uma nova lógica de ação da Igreja Católica, valorizando a participação dos leigos na ação pastoral e elegendo a paróquia como núcleo irradiador da Doutrina Social da Igreja. Desde 1985, no Rio Grande do Norte, a instituição vem orientando famílias pobres quanto ao cuidado com a saúde dos filhos, e conta com a participação efetiva dos leigos num trabalho voluntário, que também é devoção, firmado numa mística individual e de grupo. A intervenção possui três eixos: 1) a visitação domiciliar mensal para o acompanhamento materno-infantil; 2) o Dia da Celebração da Vida, para a pesagem das crianças que promove a vigilância nutricional; 3) e a Reunião de Avaliação e Reflexão, que articula os líderes comunitários, para pensarem sobre os problemas presentes na ação socioeducativa que realizam. Esse tripé da ação , assim denominado pelos Agentes Pastorais, é modalidade de ação estratégica que fundamenta uma pedagogia para a sobrevivência das crianças pobres de 0 a 6 anos de idade. Os familiares aprendem a lidar com a prevenção, o essencial, o alternativo e as probabilidades, na produção de táticas de escape, frente às condições de exclusão ou mesmo de extermínio social. Dessa maneira, a Pastoral da Criança recupera o sentimento de infância nos bolsões de pobreza e trabalha para diminuir os índices de desnutrição e mortalidade materno-infantil. Essa pedagogia da sobrevivência firma-se no ensinar-aprender as artes de cuidar da criança pobre. Trata-se de uma ação social e educativa, não assistencialista, mas ainda tímida em mobilizar as comunidades acompanhadas para a emancipação e mudança da condição social
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14536
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoseMN.pdf1,51 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.