Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14682
Título: O processo de trabalho e a composição técnica do trabalho do enfermeiro no cuidado à saúde da criança em unidades de saúde da familia
Autor(es): Bay Junior, Osvaldo de Goes
Palavras-chave: Trabalho;processo de trabalho;desenvolvimento tecnológico;cuidado da criança;serviços básicos de saúde;educação em Saúde;Work;work process;technological development;child care;basic health services;health education
Data do documento: 30-Nov-2009
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: BAY JUNIOR, Osvaldo de Goes. O processo de trabalho e a composição técnica do trabalho do enfermeiro no cuidado à saúde da criança em unidades de saúde da familia. 2009. 143 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.
Resumo: With the trajectory that the problems related to child health are taking in our society, particularly with regard to infant mortality, beyond the process of decentralization of health and the implementation of the Family Health Strategy in the cities, where it has increased considerably performance of nursing staff in Primary Health Care, they can be considered essential factors for reflections on the care of nurse dispenses the health of these children. In order to check how it is organized the working process of the nurse in caring for these children in USFs as well as the difficulties found in the dynamics of this work, this research aimed to analyze the work processes of nurses in care Child Health in USFs, with emphasis on technologies used in producing care. This is a research exploratory and descriptive with qualitative approach, based on the theoretical reference in about Work Process and Composition Technique of Work. The data were collected through semi-structured interviews of 11 nurses who, at the moment, perform their functions for more than 01 year at USF. The guiding questions were based at theoretical reference. To analyze the results, was used the referential of content analysis, and was refer to thematic analysis. In situations that were involved closed questions of the interview, was used the aid of SPSS 15.0 program for Windows. The results indicated that the process of nurse work in health care of children, focuses on the preventive character, whose focus of the actions are healthy children, following the routines and protocols established by the Ministry of Health with a view to maintaining health them. When analyzing the data through theoretical references of Composition Technique of Work found that the core technologies of daily tasks of the nurse are directed for the use of technology soft-hard and hard, and the reason established between the Dead Working and Alive Working, there is prevalence of the first against the second in the production of this care. These situations contribute to the explanation of the emergence problems related to adhesion of mothers / caregivers to monitoring the CD, due to character prescriptive and normalizer of actions. The results also suggested the presence of "vanishing lines" in the make of nurses, confirming the self-governance of health professionals in daily work. These "vanishing lines" express the own execution of the Work Live in action, guided by the use of soft technologies, however, was not characterized as a process of technology transition. So, to get a better resolution to the problems related to child health, the nurse has reorganize your work process by focusing on the execution of work live in action.
metadata.dc.description.resumo: Com a trajetória que os problemas relacionados à saúde da criança estão tomando em nossa sociedade, principalmente no que se refere à morbimortalidade infantil, além do processo de descentralização da saúde e a implementação da Estratégia de Saúde da Família nos municípios, em que tem aumentado consideravelmente a atuação dos trabalhadores de enfermagem na Atenção Básica à Saúde, podem ser considerados fatores imprescindíveis para reflexões sobre o cuidado que o Enfermeiro dispensa à Saúde dessas crianças. A fim de verificar como está organizado o processo de trabalho do Enfermeiro no cuidado a essas crianças em USF s, bem como as dificuldades encontradas na dinâmica desse trabalho, é que esta pesquisa tem como objetivo analisar o processo de trabalho dos Enfermeiros no cuidado à Saúde da Criança nas USF s, com ênfase nas tecnologias utilizadas na produção desse cuidado. Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva com abordagem qualitativa, fundamentada no referencial teórico sobre Processo de Trabalho e Composição Técnica do Trabalho. Os dados foram coletados por meio da entrevista semi-estruturada, em que foram entrevistadas 11 Enfermeiras que, no momento, exercem suas funções há mais de 01 ano nas USF em atuação. As questões norteadoras foram elaboradas com base no Referencial Teórico utilizado. Para análise dos resultados, utilizamos o referencial de análise de conteúdo, além de nos reportarmos a análise temática. As situações em que envolveram questões objetivas da entrevista utilizou-se o auxílio do programa SPSS 15.0 para Windows. Os resultados apontam que o processo de trabalho do enfermeiro no cuidado à saúde da criança, está centrado no caráter preventivo, cujo foco das ações são as crianças sadias, seguindo as rotinas e os protocolos preconizados pelo Ministério da Saúde, com vistas à manutenção da saúde das mesmas. Ao analisar os dados pelo referencial teórico da Composição Técnica do Trabalho se constatou que os núcleos tecnológicos do fazer cotidiano do Enfermeiro estão voltados para o uso das Tecnologias leve-duras e duras, e a razão que se estabelece entre o Trabalho Morto e o Trabalho Vivo, há prevalência do primeiro em relação ao segundo na produção desse cuidado. Essas situações contribuem para a explicação do aparecimento de problemas relacionados à adesão das mães/cuidadoras ao acompanhamento do CD, devido ao caráter prescritivo e normalizador das ações. Os resultados apontam, ainda, a presença de linhas de fuga no fazer dos enfermeiros, confirmando o autogoverno dos profissionais de saúde no cotidiano do trabalho. Essas linhas de fuga expressam à própria execução do Trabalho Vivo em ato, pautado pelo uso das tecnologias leves, contudo, não se caracterizou como um processo de transição tecnológica. Portanto, para se ter uma maior resolutividade aos problemas relacionados à saúde da criança, o Enfermeiro tem que reorganizar o seu processo de trabalho no cuidado à saúde da criança centrando-o na execução do trabalho vivo em ato.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14682
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
OsvaldoGBJ_DISSERT.pdf3,12 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.