Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14805
Título: Segurança do paciente no sistema de medicação: análise de enfermeiros de um hospital de ensino
Título(s) alternativo(s): Patient safety in the medication system: nurses evaluation in a teaching hospital
Autor(es): Pereira, Camila Dannyelle Fernandes Dutra
Palavras-chave: Enfermagem. Segurança do paciente. Sistemas de medicação. Fotografia;Nursing. Patient safety. Medication systems. Photography
Data do documento: 29-Nov-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: PEREIRA, Camila Dannyelle Fernandes Dutra. Patient safety in the medication system: nurses evaluation in a teaching hospital. 2013. 116 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: This study aimed to identify and describe the factors related to Patient Safety in a medication system according to the nurses analysis in a teaching hospital from the photographic analysis method. This was a cross-sectional, descriptive study with mixed approach in a teaching hospital in Rio Grande do Norte. The population consisted of 42 nurses from inpatient units, of which 34 composed the study sample. As eligibility criteria, we defined nurses from public service and nurses who agreed to participate. Ethical determinations were observed, the study was submitted to the Ethics and Research of the University Hospital Onofre Lopes, obtaining the assent with ethical assessment certificate (CAAE 0098.0.051.294-11). For data collection, we used the photographic method (Photographic Analysis Technique) by Patricia Marck (Canada). It was developed in two phases: at first, we randomly captured photos from the medication system, resulting in 282 images; then we selected/processed the photographs, which were reduced to 10 images in Microsoft Excel 2010; in the second phase, the nurses answered the questionnaire divided into socio-professional profile and Digital Photography Scoring Tool (questions a and b ). For analysis of the question a , we used the content analysis technique, and for b , we used the Statistical Package for the Social Sciences 20.0 (temporary license). The socio-professional profile revealed the predominance of females; age group 34-43 years; professionals with specialization; 10-18 years of length of service; and nurses working exclusively in the hospital and who know the Patient Safety. The photographic analysis in relation to Patient Safety resulted in specific categories for each stage of the medication system. Regarding disposal, we identified Proper verification ; Improper verification ; Correct identification ; Disposal in single doses ; and Improper Environment , with predominance of that last category. As for storage: Proper storage ; Improper storage ; Risk of exchange/disappearance ; and Poor hygiene , with special reference to improper storage. In preparation: Risk of exchanging medication/patient ; Inappropriate physical space ; and Inadequate 9 preparation of controlled drugs , highlighting the first category. In drug administration: Lack of Personal Protective Equipment ; Use of Personal Protective Equipment ; Improper administration technique ; Proper administration technique ; Correct drug identification ; Incorrect drug identification ; and Peripheral venous access without identification . From the safety assessment of 10 photographs, by adapting the scores (1-10) to the Likert Scale, we identified three Totally Unsafe (Level 1), three Unsafe (Level 2), three Partially Safe (Level 3), one Safe (Level 4), and no photograph considered Totally Safe. This study identified the prevalence of unsafety in the medication system in the nurses opinion. We were also able to understand that, although nurses identify safety aspects, the most prevalent categories characterize an unsafe assessment. Nursing needs to reflect on its practice, identifying gaps in the medication system in order to achieve a proper and safe care
metadata.dc.description.resumo: O estudo teve como objetivo identificar e descrever os fatores relacionados à Segurança do Paciente em um sistema de medicação de acordo com a análise de enfermeiros de um Hospital de Ensino a partir do método de análise fotográfica. Tratou-se de um estudo transversal, descritivo, com abordagem mista em um hospital de ensino no Rio Grande do Norte. A população foi composta por 42 enfermeiros das unidades de internação, dos quais 34 compuseram a amostra. Como critérios de elegibilidade definiu-se enfermeiros servidores públicos e que aceitaram participar do estudo. As determinações éticas foram respeitadas, o estudo foi submetido ao Comitê de Ética e Pesquisa do Hospital Universitário Onofre Lopes, obtendo o parecer favorável com certificado de apreciação ética (CAAE nº 0098.0.051.294-11). A coleta dos dados utilizou o método fotográfico (Técnica de Análise Fotográfica) de Patrícia Marck (Canadá), desenvolvido em duas fases: inicialmente foi realizada captura aleatória das fotografias do sistema de medicação, resultando em 282 imagens; em seguida, realizou-se seleção/tratamento das fotografias, que foram reduzidas a 10 imagens no Microsoft Excel 2010; na segunda fase, os enfermeiros responderam ao questionário dividido em perfil sócioprofissional e Digital Photography Scoring Tool (questões a e b ). Para análise da questão a utilizou-se a técnica de análise de conteúdo e da b o Statistical Package for the Social Scienses-20.0 (licença temporária). O perfil sócioprofissional caracterizou-se pelo predomínio: do sexo feminino; da faixa etária 34-43 anos; de profissionais com especialização; do tempo de serviço de 10 a 18 anos; de enfermeiros que atuam exclusivamente no hospital e que conhecem a Segurança do Paciente. A avaliação da fotografia em relação à Segurança do Paciente resultou em categorias específicas para cada etapa do sistema de medicação. Da dispensação, identificou-se: Conferência adequada ; Conferência inadequada ; Identificação correta ; Dispensação em dose unitária e Ambiente impróprio , com predominância desta última categoria. No armazenamento: Armazenamento adequado ; Armazenamento inadequado ; 7 Risco de troca/desaparecimento e Higiene precária , com destaque para o armazenamento inadequado. No preparo: Risco de troca de medicamento/paciente ; Espaço físico inapropriado e Preparo inadequado de medicamentos de uso controlado ; destacando-se a primeira categoria. Na administração dos medicamentos: Ausência de Equipamento de Proteção Individual ; Uso de Equipamento de Proteção Individual ; Técnica incorreta de administração ; Técnica correta de administração ; Identificação correta do medicamento ; Identificação incorreta do medicamento e Acesso venoso periférico sem identificação . Da avaliação da segurança das 10 fotografias, adaptando os escores (1 a 10) à Escala de Likert, identificou-se: três Totalmente Inseguras (Grau 1), três Inseguras (Grau 2), três Seguras Parcialmente (Grau 3), uma Segura (Grau 4), não havendo fotografia considerada Segura Totalmente. Este estudo identificou o predomínio da insegurança no sistema de medicação na opinião dos enfermeiros. Ainda, possibilitou compreender que, apesar dos enfermeiros perceberem aspectos seguros, as categorias de maior prevalência caracterizam uma avaliação insegura. A enfermagem precisa refletir acerca da prática, identificando falhas no sistema de medicação para alcançar um cuidado adequado e seguro
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14805
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CamilaDFDP_DISSERT.pdf2,39 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.