Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/15079
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorColombo, Ciliana Reginapt_BR
dc.contributor.authorSalgado, Camila Cristina Rodriguespt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T14:53:18Z-
dc.date.available2014-04-09pt_BR
dc.date.available2014-12-17T14:53:18Z-
dc.date.issued2014-01-13pt_BR
dc.identifier.citationSALGADO, Camila Cristina Rodrigues. Sistema de gestão ambiental sob a perspectiva da resource-based view: um estudo de caso no verdegreen Hotel - João Pessoa/PB. 2014. 84 f. Dissertação (Mestrado em Estratégia; Qualidade; Gestão Ambiental; Gestão da Produção e Operações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/15079-
dc.description.abstractThe pressure for a new pattern of sustainable development began to require of modern organizations the conciliation between competitiveness and a environmental protection. In this sense, a tool that acts in the implementation of structured strategies is the Environmental Management System (EMS), which focuses on improving environmental performance. This improvement, in turn, can generate to the organizations many benefits , among which, obtaining competitive advantages, susceptible of measurement from different perspectives. One of these is the application of VRIO model, reasoned by the Resource-Based View (RBV), which considers that differences between companies occurs due to differences between its internal resources and capabilities. However, although was been found some studies in the literature that evaluate the competitive potential of certain organizations , such assessments are not performed on specific objects, like the SEM s. Thus, the aim of this study was to evaluate the resources and capabilities (environmental strategies) adopted by the SGA of the Verdegreen Hotel, identifying which of these have the potential to generate competitive advantage. For this, this exploratory-descriptive character study and delineated as field research and case study was used as data collection tools: a literature survey, semi-structured interviews, document research and participant observation. The interpretation of results and consolidation of information were conducted from a qualitative approach, using two techniques of data analysis, namely: content analysis and analysis through VRIO model. The results show that the hotel is quite structured in relation to their EMS, as well as reaching related to improving the management of environmental factors, strengthening the image and gains in competitiveness benefits. On the other hand, the main difficulties for the implementation of the system are related to employees and suppliers. With regard to environmental strategies adopted, of the 25 strategies identified, 10 showed the potential to generate competitive advantageeng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectSistema de gestão ambiental. Resource-Based View. Modelo VRIO. Verdegreen Hotelpor
dc.subjectEnvironmental management System. Resource-Based View. Model VRIO. Verdegreen Hoteleng
dc.titleSistema de gestão ambiental sob a perspectiva da resource-based view: um estudo de caso no verdegreen Hotel - João Pessoa/PBpor
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia de Produçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/1054955101918212por
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5887897462098920por
dc.contributor.referees1Araújo, Afrânio Galdino dept_BR
dc.contributor.referees1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9062687501625890por
dc.contributor.referees2Camelo, Gerda Lucia Pinheiropt_BR
dc.contributor.referees2Latteshttp://lattes.cnpq.br/6200316595995035por
dc.contributor.referees3Hekis, Helio Robertopt_BR
dc.contributor.referees3Latteshttp://lattes.cnpq.br/9599726799047515por
dc.description.resumoA pressão por um novo padrão de desenvolvimento sustentável passou a exigir das organizações modernas que seja conciliada competitividade com a proteção ambiental. Neste sentido, uma ferramenta que atua na implantação de estratégias estruturadas é o Sistema de Gestão Ambiental (SGA), que tem como foco a melhoria do desempenho ambiental. Esta melhoria, por sua vez, pode proporcionar às organizações diversos benefícios, dentre os quais, a obtenção de vantagens competitivas, passíveis de mensuração a partir de diferentes perspectivas. Uma dessas é a aplicação do modelo VRIO, fundamentado pela Resource-Based View (RBV), que considera que a heterogeneidade entre as empresas decorre de diferenças entre os seus recursos internos e capacidades. Contudo, apesar de serem encontrados na literatura alguns estudos que avaliam o potencial competitivo de determinadas organizações, essas avaliações não são realizadas em objetos específicos, a exemplo dos SGA s. Deste modo, o objetivo deste estudo foi avaliar os recursos e capacidades (estratégias ambientais) do SGA adotado pelo Verdegreen Hotel, identificando quais destes possuem potencial de gerar vantagem competitiva. Para tanto, este estudo de caráter exploratório-descritivo e delineado como pesquisa de campo e estudo de caso, utilizou como ferramentas de coleta de dados: a pesquisa bibliográfica, a entrevista semiestruturada, a pesquisa documental e a observação participante. A interpretação dos resultados e a consolidação das informações foram realizadas a partir de uma abordagem qualitativa, utilizando duas técnicas de análise de dados, quais sejam: análise de conteúdo e análise por meio do modelo VRIO. Os resultados encontrados mostram que o hotel está bastante estruturado em relação ao seu SGA, fato este que pode ser justificado pela certificação ambiental obtida, assim como alcançou benefícios relacionados à melhoria da gestão dos fatores ambientais, ao fortalecimento da imagem e ganhos em competitividade. Por outro lado, as principais dificuldades para a implantação do sistema estão relacionadas aos colaboradores e fornecedores. No que se refere às estratégias ambientais adotadas, das 25 estratégias identificadas, 10 apresentaram potencial de gerar vantagem competitivapor
dc.publisher.departmentEstratégia; Qualidade; Gestão Ambiental; Gestão da Produção e Operaçõespor
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE PRODUCAOpor
Aparece nas coleções:PPGEP - Mestrado em Engenharia de Produção

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CamilaCRS_DISSERT.pdf1,64 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.