Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/17470
Title: Cuidado ambiental em tempos de sustentabilidade: explorando dimensões da conduta sustentável com estudantes universitários
Authors: Diniz, Raquel Farias
Advisor: Pinheiro, José de Queiroz
Keywords: Conduta sustentável;Cuidado ambiental;Compromisso pró-ecológico;Perspectiva temporal de futuro;Visões ecológicas de mundo;Sustainable behavior;Environmental care;Pro-ecological commitment;Future time perspective;Ecological worldview
Issue Date: 30-Aug-2010
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: DINIZ, Raquel Farias. Cuidado ambiental em tempos de sustentabilidade: explorando dimensões da conduta sustentável com estudantes universitários. 2010. 119 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Portuguese Abstract: O compromisso pró-ecológico (CPE) se constitui como tópico importante no âmbito dos estudos pessoa-ambiente, sendo entendido como uma postura frente às questões ambientais que predispõe práticas que resultam na proteção do meio ambiente. Sob o referencial da sustentabilidade, emerge a noção de conduta sustentável que, além do CPE, abarca novas dimensões psicológicas, entre elas: a perspectiva temporal de futuro (PTF) e as visões ecológicas de mundo (VEM). O presente estudo teve como objetivo geral explorar, com estudantes universitários, a noção de conduta sustentável, por meio da associação entre algumas dimensões que a compõem: CPE, PTF e VEM. Para tanto, 380 alunos dos cursos de biologia, ecologia, enfermagem, geografia e serviço social responderam a um formulário contendo: questionário sociodemográfico, uma questão sobre auto-avaliação da prática de cuidado ambiental, a Escala de Ambientalismos Ecocêntrico e Antropocêntrico, a Escala de Consideração de Consequências Futuras, e a Escala de Visões Ecológicas de Mundo. A partir das inter-relações entre variáveis, feitas por via de procedimentos descritivos e correlacionais, observou-se que 78% dos participantes pratica ou já praticou cuidado ambiental (cuidadores), tendo sido a propagação de informação a prática mais frequentemente relatada, e a escola, o contato com a natureza e a rede social as influências recebidas para estas práticas. Observou-se, também, a associação da prática de cuidado ambiental com o ambientalismo ecocêntrico, a consideração de consequências futuras e a visão de mundo igualitária (visão de natureza frágil). A ausência de cuidado ambiental esteve associada com o ambientalismo antropocêntrico e a apatia, e com a visão ecológica de mundo individualista (visão passiva). Tal como esperado e sugerido na literatura, foi constatada a existência de associações positivas entre as dimensões da conduta sustentável investigadas neste estudo e a prática de cuidado ambiental
Abstract: The pro-ecological commitment (CPE) constitutes an important topic within Person- Environment Studies, here seen as a predisposition to practices that result in environmental protection. Under the framework of sustainability, the concept of sustainable behavior emerges, covering, in addition to CPE, new psychological dimensions such as: the future time perspective (PTF) and the ecological worldviews (VEM). The current study intended to explore the concept of sustainable behavior of university students, by means of the association among some of its dimensions: CPE, PTF and VEM. For this purpose, 380 undergraduate students of biology, ecology, nursing, geography, and social service answered a form containing: socio-demographic questionnaire, a question on self-assessment of environmental care, the Scale of Ecocentric and Anthropocentric Environmentalisms, the Scale Consideration of Future Consequences, and the Scale Ecological Worldviews. Based on descriptive and correlational procedures, it was found that 78% of the participants practice or have practiced environmental care (caregivers) and the spread of information has been the practice more frequently reported, and the source of influence for such practices were the school, social networks, and the contact with nature It was also observed the association between practice of environmental care and ecocentric environmentalism, consideration of future consequences and egalitarian worldview (worldview of fragile nature). The lack of environmental care was associated with anthropocentric environmentalism, apathy, and individualistic worldview (worldview of passivity). As expected, and suggested by the literature, positive association were found between the sustainable behavior dimensions investigated in this study and the practice of environmental care
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17470
Appears in Collections:PPGPSI - Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RaquelFD_DISSERT.pdf985.56 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.