Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18518
Título: Experiências do movimento e a formação do professor de dança
Título(s) alternativo(s): Movement experiences and dance teacher training
Autor(es): Porpino, Karenine de Oliveira
Palavras-chave: Experiência;Movimento;Formação docente;Dança
Data do documento: 2014
Citação: PORPINO, K. O. . Experiências do movimento e a formação do professor de dança. Holos (Natal. Impresso), ano 30, v. 5, p. 44-53, 2014. ISSN: 1518-1634. Disponível em: <http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/2555> Acesso em: 03 Fev. 2015
Resumo: O presente projeto tem como objeto de investigação as experiências do movimento como referências para a formação do professor de dança. Compreende-se a experiência a partir da fenomenologia de Merleau-Ponty, como modo de ser no mundo e delimitam-se para a investigação as experiências relacionadas à cultura de movimento, em geral, e a dança, em particular. Interessa questionar como o movimento mobiliza o sujeito e interfere em sua formação como professor de dança. Do ponto de vista metodológico a pesquisa orienta-se pela Fenomenologia, com enfoque na produção de narrativas escritas do próprio pesquisador e outros professores artistas da cidade de Natal-RN-Brasil. Nesse sentido, espera-se que a investigação seja capaz de apontar perspectivas para a formação do professor de dança que parta primeiramente de sua própria experiência como ser dançante, dinâmica essa necessária à vinculação do professor a área de conhecimento que exerce a docência
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18518
ISSN: 1518-1634
Aparece nas coleções:CCHLA - DEART - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Karenine OP._Experiências do movimento e a formação do professor.pdf406,93 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.