Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18588
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorFulco, Umberto Lainopt_BR
dc.contributor.authorSilva, Marcelo Brito dapt_BR
dc.date.accessioned2015-03-03T15:15:25Z-
dc.date.available2015-02-25pt_BR
dc.date.available2015-03-03T15:15:25Z-
dc.date.issued2010-08-12pt_BR
dc.identifier.citationSILVA, Marcelo Brito da. Propriedades críticas do processo epidêmico difusivo com interação de Lévy. 2010. 95 f. Dissertação (Mestrado em Física da Matéria Condensada; Astrofísica e Cosmologia; Física da Ionosfera) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18588-
dc.description.abstractThe diffusive epidemic process (PED) is a nonequilibrium stochastic model which, exhibits a phase trnasition to an absorbing state. In the model, healthy (A) and sick (B) individuals diffuse on a lattice with diffusion constants DA and DB, respectively. According to a Wilson renormalization calculation, the system presents a first-order phase transition, for the case DA > DB. Several researches performed simulation works for test this is conjecture, but it was not possible to observe this first-order phase transition. The explanation given was that we needed to perform simulation to higher dimensions. In this work had the motivation to investigate the critical behavior of a diffusive epidemic propagation with Lévy interaction(PEDL), in one-dimension. The Lévy distribution has the interaction of diffusion of all sizes taking the one-dimensional system for a higher-dimensional. We try to explain this is controversy that remains unresolved, for the case DA > DB. For this work, we use the Monte Carlo Method with resuscitation. This is method is to add a sick individual in the system when the order parameter (sick density) go to zero. We apply a finite size scalling for estimates the critical point and the exponent critical =, e z, for the case DA > DBeng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectProcesso epidêmico difusivopor
dc.subjectInteração de Lévypor
dc.subjectTransição de fase para estado absorventepor
dc.subjectEscala de tamanho finitopor
dc.subjectDiffusive epidemic processeng
dc.subjectLévy interactioneng
dc.subjectAbsorbing-state phase transitioneng
dc.subjectFinite size scallingeng
dc.titlePropriedades críticas do processo epidêmico difusivo com interação de Lévypor
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Físicapor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/1081454717240143por
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/9579151361576173por
dc.contributor.referees1Mariz, Ananias Monteiropt_BR
dc.contributor.referees1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7218040405934056por
dc.contributor.referees2Albuquerque, Eudenilson Lins dept_BR
dc.contributor.referees2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783172H5por
dc.description.resumoO processo epidêmico difusivo (PED) é um modelo estocástico de não equilíbrio que se inspira no processo de contato e que exibe uma transição de fase para um estado absorvente. No modelo, temos indivíduos saudáveis (A) e indivíduos doentes (B) se difundindo numa rede unidimensional com uma difusão constante DA e DB, respectivamente. De acordo com os cálculos do grupo de renormalização, o sistema apresentou uma transição de fase de primeira ordem, para o caso DA > DB. Vários pesquisadores realizaram trabalhos de simulação para testar esta conjectura e não conseguiram observar esta transição de primeira ordem. A explicação dada era que precisávamos realizar simulação para dimensões maiores. Por isso, neste trabalho tivemos a motivação de investigarmos o comportamento crítico de um processo de propagação epidêmico difusivo com interação de Lévy (PEDL) em uma dimensão. A distribuição de Lévy tem interação de difusão de todos os tamanhos levando o sistema unidimensional a um sistema de dimensões maiores. Com isso, poderemos tentar explicar esta controvérsia que existe até hoje, para o caso DA > DB. Para este trabalho utilizamos o Método de Monte Carlo com ressuscitamento. Este método consiste em acrescentar um indivíduo doente no sistema quando o parâmetro de ordem (densidade de doente) vai à zero. Aplicamos a técnica de análise de escala de tamanho finito para determinarmos com boa precisão o ponto crítico e os expoentes críticos β/v, v e z, para o caso DA > DBpor
dc.publisher.departmentFísica da Matéria Condensada; Astrofísica e Cosmologia; Física da Ionosferapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::FISICApor
Aparece nas coleções:PPGFIS - Mestrado em Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MarceloBS_DISSERT.pdf2,18 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.