Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18818
Título: Caracterização geomorfológica e modelagem de dados espaciais na plataforma continental rasa do RN nos limites da folha Touros
Autor(es): Araújo Filho, Lino Pedro de
Palavras-chave: Batimetria;Sensoriamento remoto;Geomorfologia costeira;Bathymetry;Remote sensing;Coastal geomorphology
Data do documento: 28-Fev-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ARAÚJO FILHO, Lino Pedro de. Caracterização geomorfológica e modelagem de dados espaciais na plataforma continental rasa do RN nos limites da folha Touros. 2011. 114 f. Dissertação (Mestrado em Geodinâmica; Geofísica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: This work focuses the geomorphological characterization and spatial data modeling in the shallow continental shelf within the Folha Touros limits (SB-25-CV-II), based on bathymetric data analysis and remote sensing products interpretation. The Rio Grande do Norte state is located in northeastern Brazil and the work area is located at the transition region between the eastern and northern portions of their coast. The bathymetric surveys were conduced between march and may 2009, using a 10 meters long vessel and 0.70 meters draught, equipped with global positioning system and echo sounder (dual beam, 200KHz , 14°). The fieldwork resulted in 44 bathymetric profiles espaced 1.5 km and 30 km average length. The bathymetric data amount were 111,200 points and were navigated 1395.7 km within na area about 1,850 km2. The bathymetric data were corrected for the tide level, vessel draught and were subsequently entered into a geographic information system for further processing. Analysis of remote sensing products was carried out using Landsat 7/ETM + band 1, from november 1999. The image was used for visualization and mapping submerged features. The results showed the presence of geomorphological features within the study area. Were observed, from the analysis of local bathymetry and satellite image, seven types of geomorphological features. The channels, with two longitudinals channels (e. g. San Roque and Cioba channels) and other perpendicular to the coast (e. g. Touros, Pititinga and Barretas). Coastal reef formations (Maracajaú, Rio do Fogo and Cioba). Longitudinal waves, described in the literature as longitudinal dunes. The occurrence of a transverse dune field. Another feature observed was the oceanic reefs, an rock alignment parallel to the coast. Were identified four riscas , from north to south: risca do Liso, Gameleira, Zumbi, Pititinga (the latter being described for the first time). Finally, an oceanic terrace was observed in the deepest area of study. Image interpretation corroborated with the in situ results, enabling visualization and description for all features in the region. The results were analysed in an integrating method (using the diferent methodologies applied in this work) and it was essential to describe all features in the area. This method allowed us to evaluate which methods generated better results to describe certain features. From these results was possible to prove the existence of submerged features in the eastern shallow continental shelf of Rio Grande do Norte. In this way, the conclusions was (1) this study contributed to the provision of new information about the area in question, particularly with regard to data collection in situ depths, (2) the method of data collection and interpretation proves to be effective because, through this, it was possible to visualize and interpret the features present in the study area and (3) the interpretation and discussion of results in an integrated method, using different methodologies, can provide better results
metadata.dc.description.resumo: O objetivo deste trabalho é apresentar uma caracterização geomorfológica e a modelagem de dados espaciais na plataforma continental rasa nos limites da Folha Touros (SB-25-V-C-II), com base na análise/interpretação de dados batimétricos e produtos de sensores remotos orbitais. O Estado do Rio Grande do Norte está localizado na região nordeste do Brasil e a área de trabalho situa-se na região de transição entre as porções oriental e setentrional de sua plataforma. Para o desenvolvimento das análises foram realizados levantamentos batimétricos entre os meses de março e maio de 2009, utilizando-se uma embarcação com 10 metros de comprimento e 0,70 metros de calado, equipada com sistema de posicionamento global e ecossonda (feixe duplo, 200KHz, 14°). A campanha resultou em 44 perfis batimétricos com espaçamento de 1,5 km e extensão média de 30 km. O montante das campanhas foi de 111.200 pontos válidos de profundidade em 1.395,7 km navegados numa área de 1.850 km2. Os dados batimétricos foram corrigidos em relação ao nível de maré, calado da embarcação e posteriormente foram inseridos em um sistema de informações geográficas para outros processamentos. Para o desenvolvimento das análises, a partir de produto de sensor remoto orbital, foi utilizada a banda 1 do Landsat 7/ETM+, de 19 de novembro de 1999. A imagem foi utilizada para visualização e mapeamento de feições submersas. Os resultados obtidos evidenciaram, de forma muito expressiva, a presença de feições geomorfológicas características da região em estudo. Foram observados, a partir da análise da batimetria local e imagem orbital sete tipos de feições geomorfológicas. Os canais, com a presença de canais longitudinais (e. g. canal de São Roque, Cioba de Dentro e Cioba de Fora) e outros perpendiculares a costa (e. g. Touros, Pititinga e Barretas). Os altos costeiros, caracterizados como formações recifais, sendo estes os altos de Maracajaú, Rio do Fogo e Cioba. As ondulações longitudinais, descritas na literatura como sendo dunas longitudinais. Foi verificada a presença de um campo de dunas transversais. Outra feição observada foi o alto oceânico, um alinhamento rochoso paralelo a costa. Foram identificadas quatro riscas, de norte para sul: risca do Liso, Gameleira, Zumbi, Pititinga (esta última sendo descrita pela primeira vez). Por fim, um terraço oceânico foi observado na região mais profunda da área de estudo. A interpretação das imagens corroboraram com os resultados in situ, sendo possível vizualisar e descrever todas as feições existentes na região. A integração dos resultados, das metodologias aplicadas neste trabalho, foi fundamental para que todas as feições existentes na área fossem amplamente discutidas e possibilitou avaliar quais métodos geraram melhores resultados para descrever certas feições. A partir dos resultados obtidos foi possível comprovar a existencia de feições submersas na plataforma continental rasa do litoral oriental do Rio Grande do Norte. Desta forma, foi possível destacar que (1) o presente trabalho contribuiu com a disponibilização de novas informações a respeito da área em questão, principalmente no que diz respeito a coleta de dados in situ de profundidades, (2) o método de coleta e interpretação dos dados se mostrou eficiente visto que, por meio deste, foi possível visualizar e interpretar as feições presentes na área em estudo e (3) a interpretação e discussão dos resultados de forma integrada, entre diferentes metodologias, podem fornecer melhores resultados
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18818
Aparece nas coleções:PPGG - Mestrado em Geodinâmica e Geofísica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LinoPAF_DISSERT.pdf3,49 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.