Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19190
Título: Gestão do capital intelectual sob o enfoque do Balanced Scorecard: o caso de uma universidade pública brasileira
Autor(es): Cavalcante Filho, Hélio da Costa
Chacon, Márcia Josienne Monteiro
Araújo, Aneide Oliveira
Palavras-chave: Balanced Scorecard (BSC);Indicadores de desempenho;Capital intelectual
Data do documento: 2009
Citação: CAVALCANTE FILHO, Hélio da Costa; CHACON, Márcia Josienne Monteiro; ARAÚJO, Aneide Oliveira. Gestão do capital intelectual sob o enfoque do Balanced Scorecard: o caso de uma universidade pública brasileira. Revista Ambiente Contábil, Natal, v. 1. n. 1 . p. 49-65, janeiro/abril, 2009. ISSN 2176-9036. Disponível em: <http://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/5578/4524>. Acesso em 22 maio 2015.
Resumo: Novos ativos, juntamente com novas tecnologias, associadas ao conhecimento, estão sendo vistos como forma de agregar valor às entidades. Com isso, diversos métodos têm sido elaborados na tentativa de apresentar aos gestores, entre estes os universitários, um modelo de avaliação que considere todos os aspectos relevantes de uma organização, como o Capital intelectual. Neste contexto questiona-se: as informações desejadas pelos gestores universitários, no que se refere aos indicadores de desempenho para gestão estratégica do capital intelectual estão presentes nos demonstrativos da universidade? Este trabalho tem por objetivo geral investigar, sob a perspectiva do Balanced Scorecard (BSC), como tem ocorrido a gestão estratégica do capital intelectual e a percepção dos gestores a respeito da eficácia dos instrumentos que dispõem para apoiar suas decisões no que tange ao aprendizado e crescimento no ambiente universitário. O mesmo justifica-se a partir da conscientização de que modelos de gestão estratégica do capital intelectual são frutos da nova realidade anunciada pela sociedade do conhecimento. Quanto aos objetivos a pesquisa se caracteriza como exploratória; quanto aos procedimentos, pesquisa bibliográfica; e quanto à abordagem do problema, pesquisa qualitativa e quantitativa. O universo da pesquisa constituiu-se de 61 gestores de uma Universidade brasileira tendo como amostra 24 destes. Conclui-se, por fim, que existem atualmente diversos aspectos inerentes ao Balanced Scorecard (BSC), reconhecidos como fundamentais pelos gestores da Instituição de Ensino Superior estudada, os quais são pouco desenvolvidos ou não constam nos relatórios da Instituição. Neste sentido, faz-se necessária a elaboração de indicadores e os aprimoramentos dos já existentes, pela instituição no intuito de uma explicitação e um embasamento coerente para os gestores
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/19190
ISSN: 2176-9036
Aparece nas coleções:CCSA - DCC - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GestãoCapitalIntelectual_2009.pdf298,4 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.