Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19399
Título: Poéticas do rap engajado e juventudes nas periferias urbanas de Natal-RN
Autor(es): Gonçalves, Julimar da Silva
Palavras-chave: Juventude periférica;Movimento Hip Hop;Periferias urbanas;Poéticas do rap engajado
Data do documento: 5-Jun-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: GONÇALVES, Julimar da Silva. Poéticas do rap engajado e juventudes nas periferias urbanas de Natal-RN. 2013. 200f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: This thesis relates to issues present in the hip hop movement. Thus it includes youngsters grouped in different levels such as local, regional and national. The research deals with this broad segment. The analysis is made on those called “peripheral youth” It encompasses the juvenile segment, that is committed to a movement defined by these youngsters and activists, the so called “hip hop movement”. The research aims to analyze poetics present in rap, considered as an expression of resistance and inventiveness. The analysis was of micro politic nature and it dealt with the “peripheral scenario” present in hip hop Lelo Melodia in the Guarapes neighborhood in Natal-Rio Grande do Norte-Brazil. In this community, the group in known for their resistance attitude. The group´s opinion is not of opposition or force but it is seen in the sense of reinventing life that is currently attached to the persisting social inequality condition. In these terms, the research also deals with this committed poetic rap understood here as expressions towards resistance and inventiveness that is produced by these youth groups that belong to this hip hop movement. The focal group was the Lelo Melodia Group of the Posse de Hip Hop in the Guarapes neighborhood in Natal/Rio Grande do Norte in Brazil.
metadata.dc.description.resumo: A presente tese se situa no campo do denominado “movimento hip hop”, abrangendo jovens agrupados aos níveis local, regional e nacional. Dentro deste amplo segmento, nossa análise incide sobre a “juventude periférica”. Abarca o segmento juvenil, engajado em um movimento definido pelos jovens e ativistas como “movimento hip hop”e tem o objetivo de analisar as poéticas do rap engajado enquanto expressões de resistências e inventividades. Seguindo a análise micropolítica apresentamos a “cena periférica” protagonizada pela Posse de hip hop Lelo Melodia dos Guarapes/Natal-RN. Em sua comunidade, o grupo se destaca pela postura de resistência, que não se dá enquanto contraposição ou força, mas no sentido de reinventar a vida na condição de desigualdade social que persiste. Nestes termos, o trabalho estuda a poética do rap engajado, enquanto expressões de resistências e inventividades, produzidas por grupos e/ou coletivos juvenis “periféricos” pertencentes ao movimento hip hop, tendo grupo focal privilegiado o Grupo Lelo Melodia da Posse de Hip Hop dos Guarapes – Natal/RN.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19399
Aparece nas coleções:PPGCS - Doutorado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JulimarDaSilvaGoncalves_TESE.pdf3,06 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.