Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19916
Título: Reservatório Tabatinga (Macaíba-RN): qualidade ambiental, conflitos e uso
Autor(es): Guedes, Josiel de Alencar
Palavras-chave: Reservatório;Percepção ambiental;Qualidade de água
Data do documento: 30-Jan-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: GUEDES, Josiel de Alencar. Reservatório Tabatinga (Macaíba-RN): qualidade ambiental, conflitos e uso. 2015. 104f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: The reservoirs are water sources built along the fluvial basins, between rivers and dams made by concrete or earth. In Brazil they are built for different purposes, standing out the generation of energy (hydroelectric power station), flowing regulation, water reserves and flooding control, therefore they have played and still play an important role in the modern society.In the Northeastern semiarid region, they are typically used to supply cities and as a source of food.In the state of Rio Grande do Norte, the large reservoirs are intended for the same purpose.The cities settled in the riverbanks, or which have river channels crossing them, face flooding related problems. In the city of Macaíba-RN, flooding occurred systematically during the rainy season, causing great inconvenience to the local population.As product of the collective claim Tabatinga Reservoir in Jundiaí river was built, upstream of the city. Facing this background, this thesis aimed to assess the sócio-environmental quality of this reservoir.To achieve this goal, methodologies pointed to assess water quality along with the aplication of a questionnaire were used aimed to verify the quality of water and to know the perception of the residents from urban and rural área settled near to the reservoir was performed. The results showed the existence of conflicts of residents of rural communities and the presence of the reservoir, while for the city's population, the reservoir is considered not only the right solution to solve flooding in urban areas, but also as economic source for the rural population. Considering the water source assessment, this study concluded that the Tabatinga Reservoir is unfit for human use, due to the presence of metals of toxicological significance with the potential to elicit damage to the genetic material of individuals that use water from this reservoir, leading to cause serious risks to health population.
metadata.dc.description.resumo: Os reservatórios são mananciais construídos ao longo de canais fluviais, com a interceptação por barramentos feitos por concreto ou terra. No Brasil eles são construídos para diversas finalidades, destacando-se a geração de energias (hidrelétricas), regularização de vazão e criação de reservas hídricas, e contenção de enchentes, por isso desempenharam e ainda desempenham papel importante na sociedade moderna. No semiárido da região Nordeste, normalmente são utilizados para o abastecimento de cidades e como fonte de alimentação. No Estado do Rio Grande do Norte, os grandes reservatórios são destinados a esta mesma finalidade. Cidades que se formaram às margens de rios, ou que tenham canais fluviais cruzando seu espaço, lidam com problemas relacionados e inundação. Na cidade de Macaíba-RN, esse processo ocorria sistematicamente durante o período chuvoso, causando grandes transtornos à população local. Fruto de reivindicação coletiva, foi construído o Reservatório de Tabatinga no rio Jundiaí, a montante da cidade. Diante deste cenário, esta tese visou analisar a qualidade socioambiental desse manancial. Para atingir esse objetivo, foram empregadas metodologias centradas na averiguação da qualidade de água, além da aplicação de questionário para conhecer a percepção dos moradores da área rural, onde o reservatório foi construído e dos moradores da área urbana da cidade. Os resultados mostraram a existência de conflitos dos moradores das comunidades rurais e a presença do reservatório, enquanto que para a população da cidade, o reservatório é considerado a solução correta para o término das enchentes na zona urbana, mas entendem que também servem como fonte econômica para a população rural. Considerando a avaliação da fonte de água, este estudo concluiu que o Reservatório Tabatinga está impróprio para uso, em função da presença de metais de significância toxicológica com potencial de causar danos ao material genético dos indivíduos que utilizam esse açude para diversos fins, podendo levar sérios riscos à saúde da população.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19916
Aparece nas coleções:PRODEMA - Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JosielDeAlencarGuedes_TESE.pdf2,81 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.