Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20430
Título: A rede construcional dos verbos de movimento transitivos diretos
Título(s) alternativo(s): The constructional network of transitive verbs of movement
Autor(es): César, Alan Marinho
Palavras-chave: Linguística funcional centrada no uso;Estrutura argumental;Rede construcional;Verbos de movimento transitivos
Data do documento: 31-Ago-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: CÉSAR, Alan Marinho. A rede construcional dos verbos de movimento transitivos diretos. 2015. 130f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: The purpose of this research is to investigate the construction of verbs of movement followed by direct object (VMTD). Our analysis aimed to reveal the differences in meaning of these verbs, proposing a syntactic-semantic classification, which is based on the relationship between the verb and its arguments. The Corpus Discurso & Gramática: a língua falada e escrita na cidade do Natal (FURTADO DA CUNHA, 1998) was used as the database which allowed us to capture the subject of study as it is manifested in social communicative interactions. The theoretical framework combines the principles of Linguística Funcional Centrada no Uso (LFCU) and Cognitive Linguistics, especially the Construction Grammar. The analysis showed that the VMTD may have different semantic framings, if we consider the participant which moves or the type of influence it can undergo as a consequence of the verbal action. The results indicated that these framings are part of two basic schemes, movement and displacement, which license three types of subschemas, manipulation, traversing and bringing, which, in turn, license micro-constructions defined according to the semantic roles played by its arguments. This paper proposes a classification for transitive verbs of movement arranged in a constructional network which hierarchically organize the relatively distinct cognitive schemes relatively distinct which these verbs conceptualize.
metadata.dc.description.resumo: Investigamos, nesta dissertação, a construção com verbos de movimento seguidos de objeto direto (VMTD). Nossa análise buscou revelar as diferenças de sentido desses verbos, propondo uma classificação sintático-semântica que toma por base as relações entre o verbo e seus argumentos. Utilizamos, como fonte de dados, o Corpus Discurso & Gramática: a língua falada e escrita na cidade do Natal (FURTADO DA CUNHA, 1998), que nos permitiu flagrar o objeto de estudo tal como ele se manifesta nas interações sociocomunicativas. O quadro teórico conjuga os princípios da Linguística Funcional Centrada no Uso (LFCU) e da Linguística Cognitiva, em especial da Gramática de Construções. A análise mostrou que os VMTD podem ter enquadres semânticos diferentes, se levarmos em consideração o(s) participante(s) que se move(m) ou o tipo de afetamento que pode(m) sofrer como consequência da ação verbal. Os resultados obtidos indicaram que esses enquadres fazem parte de dois esquemas básicos, movimento e deslocamento, que licenciam três tipos de subesquemas, manipulação, trajeto e transporte, que, por sua vez, licenciam microconstruções, definidas com base nos papéis semânticos desempenhados por seus argumentos. Esta dissertação apresenta uma proposta de classificação dos verbos de movimento transitivos diretos, dispostos em uma rede construcional que organiza hierarquicamente os esquemas cognitivos relativamente distintos que esses verbos conceitualizam.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20430
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AlanMarinhoCesar_DISSERT.pdf3,35 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.