Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20460
Título: A prática pedagógica no cotidiano de professoras iniciantes: tramas e desafios do aprender a ensinar
Autor(es): Morais, Joelson de Sousa
Palavras-chave: Professoras iniciantes;Mobilização de saberes docentes;Estudos do cotidiano;Práticas pedagógicas
Data do documento: 14-Abr-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MORAIS, Joelson de Sousa. A prática pedagógica no cotidiano de professoras iniciantes: tramas e desafios do aprender a ensinar. 2015. 177f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: This thesis was born from my own experience as a junior lecturer at the schooling of young children and intertwining experiences with various contexts that related with my observations and sharing of knowledge and practices with other teachers and initial training in pedagogy courses. Thus came a chance to research what I have proposed the goal in this research: Understanding how beginning teachers mobilize knowledge and knowledge-doings in everyday teaching practice. Qualitative approach, adopted as a theoretical-political and methodological perspective the studies of everyday life in this investigation, excelling as instruments conversations and audio recorded observations, photographs and journal research about the pedagogical practice of the interlocutors of research that were three teachers beginners who work in the early grades of elementary school in a public school in Caxias, MA, chose not Cartesian epistemology of complexity in an attempt to uncover practices of the surveyed teachers and so understand the narrative set out by them during our conversations. The knowledge and knowledge-doings mobilized by beginning teachers are built in many everyday spacetimes which are the multiple training contexts, and materialize in their practice in the development of teaching and learning process. Amid the hegemonic practices impregnated by the official curriculum, everyday practitioners-thinking produce other senses, metamorphose, weave their professional identities and have some gaps in your practice in a complex perspective, configuring, as well as emancipatory and democratic practices that legitimize the mobilized knowledge, fundamental to the learning of teaching and the consolidation of the professionalization process.
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação nasceu da minha própria experiência como professor iniciante na escolarização de crianças pequenas e no entrelaçamento com vários contextos de experiências que se relacionavam com minhas observações e compartilhamento de saberes e fazeres com outras professoras na formação inicial no curso de Pedagogia. Assim me veio uma possibilidade de pesquisar aquilo que propus como objetivo nesta investigação: Compreender como as professoras iniciantes mobilizam os saberes e saberesfazeres na prática pedagógica cotidiana. De abordagem qualitativa, adotei como perspectiva teórico-política e metodológica os estudos do cotidiano nesta investigação, adotando como instrumentos as conversas e observações registradas em áudio, fotografias e diário de pesquisa acerca da prática pedagógica das interlocutoras desta pesquisa, que foram três professoras iniciantes que atuam nas séries iniciais do Ensino Fundamental numa escola pública municipal de Caxias - MA. Escolhi a epistemologia da complexidade não cartesiana na tentativa de desinvisibilizar as práticas das professoras pesquisadas e, assim, compreender as narrativas por elas enunciadas durante nossas conversas. Os saberes e saberesfazeres mobilizados pelas professoras iniciantes são construídos em inúmeros espaçostempos do cotidiano, que são os múltiplos contextos formativos, e se materializam em sua prática pedagógica no desenvolvimento do processo ensino e aprendizagem. Em meio às práticas hegemônicas impregnadas pelo currículo oficial, as praticantespensantes do cotidiano produzem outros sentidos, metamorfoseiam-se, tecem suas identidades profissionais e apresentam algumas lacunas na sua prática, numa perspectiva complexa, configurando-se, assim como práticas emancipatórias e democráticas, que legitimam os saberes mobilizados, fundamentais para a aprendizagem da docência e a consolidação do processo de profissionalização.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20460
Aparece nas coleções:PPGED - Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoelsonDeSousaMorais_DISSERT.pdf1,3 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.