Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20768
Título: A correlação locução adjetiva/adjetivo: uma análise funcional
Autor(es): Dantas, Iury Mazzili Gomes
Palavras-chave: Locução adjetiva;Adjetivo;Linguística funcional centrada no uso
Data do documento: 18-Ago-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: DANTAS, Iury Mazzili Gomes. A correlação locução adjetiva/adjetivo: uma análise funcional. 2015. 74f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: This research deals with the relationship locução adjetiva / adjective, focusing the reasons for using one form or the other one, in situations where the speaker has a choice between an adjective or a locução adjetiva virtually correspondent and vice versa. In general, the objective is to investigate the possibility of correlation between locução adjetiva and adjective, and to identify motivations for the use of one form or the other one. The theoretical support of this paper is the Linguística Funcional Centrada no Uso (LFCU), which groups together theoretical and methodological assumptions of North American Functional Linguistics, represented by authors as Givón (1984), Bybee (2010), Traugott (2011), and Cognitive Linguistics, as developed by Lakoff (1987), Langacker (1987) and Lakoff and Johnson (2002). As regards the methodological procedures, this research is of qualitative and quantitative character: at first, we did the survey data in the texts that made up the corpus, followed by analysis of each them, especially the locução adjetiva, by considering the semantic, morphosyntactic, cognitive and pragmatic aspects. The corpus is composed of 36 texts, taken from 12 issues of the Veja magazine, published between January 2013 and March 2013. As for the results, in the case of locução adjetiva with related adjectives, this research has shown that the choice of former is due to semantic change, the use of lexicalized forms, to priming cases or to stylistic motivations. It means that the choices of one of these two forms go beyond lexical issues, since there are other motivations, such as syntactic, semantic and pragmatic ones.
metadata.dc.description.resumo: Neste trabalho, investiga-se a (cor)relação da locução adjetiva com o adjetivo virtualmente correspondente em perspectiva funcional. Objetiva-se identificar fatores de natureza estrutural, semântica e discursivo-pragmática para o emprego de uma ou de outra forma de codificação do modificador nominal. O aparato teórico é o da Linguística Funcional Centrada no Uso, conforme caracterizado por Furtado da Cunha, Bispo e Silva (2013). A pesquisa contempla tanto aspectos quantitativos, em termos da mensuração dos dados empíricos com que se trabalha, como questões de natureza qualitativa no tocante à explicação e à interpretação do fenômeno sob estudo. O banco de dados do qual foram extraídas as ocorrências compõe-se de textos provenientes de edições da revista Veja, de janeiro a março de 2013. Esses textos são representativos de três gêneros textuais, a saber: editorial, coluna social e guia. Os achados deste trabalho, assim como do de Dantas e Silva (2012), revelam que a existência de formas intercambiáveis de locução adjetiva e adjetivo parece não sustentar-se quando se considera a língua em uso. A análise dos dados permitiu verificar que fatores de ordem diversa (semântica, estrutural, cognitiva e pragmática) estão envolvidos na opção pela locução adjetiva em vez do adjetivo supostamente correlato.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20768
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
IuryMazziliGomesDantas_DISSERT.pdf645,26 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.