Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21212
Título: Rugosidade superficial e adesão bacteriana em compósitos com nanopartículas após acabamento e polimento
Autor(es): Costa, Giovanna de Fátima Alves da
Palavras-chave: Aderência bacteriana;Polimento dentário;Resinas compostas
Data do documento: 12-Dez-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: COSTA, Giovanna de Fátima Alves da. Rugosidade superficial e adesão bacteriana em compósitos com nanopartículas após acabamento e polimento. 2014. 41f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: Objective: To evaluate in vitro the surface roughness and bacterial adhesion of nanoparticle composites, after being subjected to different finishing and polishing systems. Materials and Methods: 66 specimens were prepared, and 30 with Filtek Z350 XT (3M ESPE, USA) and 30 with the resin IPS Empress Direct (Ivoclar Vivadent, USA), divided into 6 groups (n = 10 ). Six specimens were prepared for analysis in scanning electron microscopy (SEM) .Each kind of resin was subjected to finishing and polishing systems: Sof-Lex Pop-On discs (3M ESPE, USA) and AstropolTM system (Ivoclar Vivadent , USA), featuring the experimental group. The control group did not undergo any kind of finishing and polishing technique. The average roughness (Ra) in both groups was measured using a roughness in the setting of 0.25 mm (cut off) and surface images obtained with photomicrographs taken with a scanning electron microscope (SEM) magnified 500 times. Bacterial adherence was evaluated by determining the absorbance (OD) of the suspension of adhered cells by spectrophotometer at 570 nm. The results were submitted for analyzed with 2-way ANOVA at α=.05 and Tukey multiple comparison tests. Results: Statistically significant differences were found between the groups in terms of roughness and bacterial adhesion. Filtek Z350 XT for resin were no differences between the tested finishing and polishing systems, where the system of lowest surface roughness was the Sof-Lex Pop-On. To the resin IPS Empress Direct, the finishing and polishing system Astropol, had lower results of surface roughness. As for bacterial adhesion, the lowest optical density value for Filtek Z350 XT was for the group that used the finishing and polishing system Sof-Lex Pop-On and the resin IPS Empress Direct the group that used the Astropol system. In addition, there was a positive correlation between surface roughness and bacterial adhesion on polished surfaces (r = 0.612) Conclusions: surface roughness and bacterial adhesion are closely related. The finishing and polishing Sof-Lex Pop-On system is more suitable for nanoparticulate Filtek Z350 XT and the finishing and polishing system Astropol for resin nanohíbrida IPS Empress Direct.
metadata.dc.description.resumo: Objetivo: avaliar in vitro a rugosidade superficial e a adesão bacteriana de compósitos nanoparticulados, após serem submetidas a diferentes sistemas de acabamento e polimento. Materiais e Métodos Foram confeccionados 60 corpos de prova, distribuídos em 6 grupos (n=10). Em todos os grupos foi utilizada tira matriz de poliéster sobre a superfície das amostras, e cada tipo de resina foi submetido aos sistemas de acabamento e polimento: discos Sof-Lex Pop-On (3M ESPE, St.Paul, USA) e sistema AstropolTM (Ivoclar Vivadent,NY,USA), caracterizando o grupo experimental; o grupo controle não foi submetido a nenhum tipo de técnica de acabamento e polimento. A rugosidade média (Ra) em ambos os grupos foi mensurada através de um rugosímetro (Taylor Hobson Brazil, Ltda., São Paulo, SP, Brazil) na configuração de 0,25mm (cut off) e as imagens da superfície obtidas com fotomicrografias captadas por um microscópio eletrônico de varredura (MEV) com aumento de 500 vezes. A adesão bacteriana foi avaliada por meio da leitura de espectrofotometria com configuração de 570ŋm. Os resultados foram submetidos à análise de variância (ANOVA dois fatores. Resultados: Foram encontradas diferenças estatísticas significativas entre os grupos quanto à rugosidade e à adesão bacteriana. Para a resina Filtek Z350 XT houve diferenças entre os sistemas de acabamento e polimento testados, onde o sistema que apresentou menor rugosidade superficial foi o Sof-lex Pop-On. Para a resina IPS Empress Direct, o sistema de acabamento e polimento Astropol, obteve menores resultados de rugosidade superficial. Quanto à adesão bacteriana, o menor valor de densidade óptica para a resina Filtek Z350 XT foi para o grupo que utilizou o sistema de acabamento e polimento Sof-Lex Pop-On e para a resina IPS Empress Direct o grupo que utilizou o sistema Astropol. Além disso, verificou-se uma correlação positiva entre a rugosidade superficial e adesão bacteriana nas superfícies polidas (r = 0,612, p <0,001) Conclusões: a rugosidade superficial e a adesão bacteriana estão estreitamente relacionadas. O sistema de acabamento e polimento Sof-Lex Pop-On está mais indicado para a resina nanoparticulada Filtek Z350 XT e o sistema de acabamento e polimento Astropol para a resina nanohíbrida IPS Empress Direct.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21212
Aparece nas coleções:PPGSCOL - Mestrado em Saúde Coletiva

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GiovannaFatimaAlvesCosta_DISSERT_2015.pdf1,94 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.