Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21329
Título: Governança da água: uma avaliação dos serviços brasileiros de abastecimento de água e esgotamento sanitário nos anos de 2002, 2007 e 2012
Autor(es): Diniz, Matheus Frazão Arruda
Palavras-chave: Abastecimento de água;Esgotamento sanitário;Governança pública;Análise envoltória de dados e índice de Malmquist
Data do documento: 4-Mar-2016
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: DINIZ, Matheus Frazão Arruda. Governança da água: uma avaliação dos serviços brasileiros de abastecimento de água e esgotamento sanitário nos anos de 2002, 2007 e 2012. 2016. 74f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: This paper carries out an evaluation of Brazilian services water supply and sanitary sewers in the years 2002, 2007 and 2012 based on the principles and guidelines of public governance. For this we used the methodology Data Envelopment Analysis (DEA) with guidance product, where it was the efficient frontier and the relative of service providers efficiency taking into account the use of public resources over the scope of services and financial performance before and after the implementation of the National Basic Sanitation Law - LNSB subsequently applied the Malmquist Index to analyze the dynamics of factor productivity between years, there was an improvement in productivity in all periods analyzed, however the period after LNSB showed less improvement over the previous period, a fact attributed to greater reduction of the pairing effect coupled with low growth in displacement effect. In addition there was less improved productivity in the aggregate period (2002-2012) than in the two other periods where despite having the greatest effect annealing of the intervals, we observed technological regression.
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho realiza uma avaliação dos serviços brasileiros de abastecimento de água e esgotamento sanitário nos anos de 2002, 2007 e 2012 com base nos princípios e diretrizes da governança pública. Para isso utilizou-se a metodologia Análise Envoltória de Dados (DEA) com orientação produto, onde verificou-se a fronteira de eficiência e a eficiência relativa dos prestadores de serviço levando em conta o uso dos recursos públicos em detrimento a abrangência dos serviços e desempenho financeiro antes e após a implementação da Lei Nacional do Saneamento Básico - LNSB, posteriormente aplicou-se o Índice de Malmquist para analisar a dinâmica de produtividade dos fatores entre os anos, observou-se uma melhoria na produtividade em todos os períodos analisados, entretanto o período posterior a LNSB apresentou menor avanço em relação ao período anterior, fato este atribuído a maior redução do efeito emparelhamento aliada ao baixo crescimento do efeito deslocamento. Além disto observou-se menor melhoria de produtividade no período agregado (2002-2012) do que nos dois outros períodos, onde apesar de apresentar o maior efeito emparelhamento dos intervalos, observou-se regressão tecnológica.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21329
Aparece nas coleções:PPGECO - Mestrado em Economia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MatheusFrazaoArrudaDiniz_DISSERT.pdf1,1 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.