Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21646
Título: Uma pausa antes do fim: aspectos do tempo em “a visit from the goon squad”
Autor(es): Cunha, Layana de Fátima Brasil de Freitas
Palavras-chave: Narrativa;Modernidade;Literatura americana;Tempo;Tradição
Data do documento: 22-Fev-2016
Citação: CUNHA, Layana de Fátima Brasil de Freitas. Uma pausa antes do fim: aspectos do tempo em “a visit from the goon squad”. 2016. 77f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: This research studies the time as an analytical category in the work A visit from the goon squad, written by the North American writer Jennifer Egan. That work became an object of research by bringing in its prose modern features while dialogue with tradition, focusing on time as prominent element and using this category to portray the individual and the society that surrounds it. For the analysis, it is mainly used to theorizing about the time taken by Ricoeur (2010) and Meyerhoff (1976). We also have used Bauman (2001) to consider the effects of time in the lives of the characters. To talk about the object of study five themes were elected (‘The ragged narrative and your heels in time’; ‘Chronos and the lion’; ‘Pauses and music in the narrative’;‘Time seen as cruel entity and as redeeming’ and ‘After pause’) in which thirteen chapters work are represented. Philosophical voices were intersected in order to enables us to see how the author brings to his work the idea that the man believes that time, itself, is blamed for act of intimidate or overhaul each individual. It was also taken into account the relationships that Egan sets with Western literary tradition through the use of time category in his work and interface between society and literature.
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa estuda o tempo como categoria analítica na obra A visit from the goon squad, da escritora norte americana Jennifer Egan. A referida obra tornou-se objeto de pesquisa por trazer em sua prosa características modernas ao mesmo tempo em que dialoga com a tradição, focalizando o tempo como elemento de destaque e usando esta categoria para retratar o indivíduo e a sociedade que o cerca. Para nosso enfoque, utiliza-se principalmente a teorização sobre o tempo feita por Ricoeur (2010) e Meyerhoff (1976) para as análises literário-temporais e Bauman (2001) para pensar sobre os efeitos do tempo na vida dos personagens. Para falar sobre o objeto de estudo elencaram-se cinco temas (A narrativa entrecortada e seus saltos no tempo; Chronos e o leão; Pausas e música na narrativa; O tempo visto como entidade cruel e como redentora e Depois da pausa.) nos quais os treze capítulos da obra estão representados. O referencial teórico possibilitou perceber como a autora traz para sua obra a ideia de que o homem considera o tempo, por si só, responsável por agir de forma intimidadora ou benéfica para cada indivíduo. Também foram levadas em conta as correlações que Egan estabelece com a tradição literária ocidental através do uso da categoria tempo em sua obra e para interface entre sociedade e literatura.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21646
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LayanaDeFatimaBrasilDeFreitasCunha_DISSERT.pdf3 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.