Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21690
Título: Etnomatemática da feira livre: contribuições para uma proposta didáticopedagógica de ensino-aprendizagem em matemática na educação básica
Autor(es): Morais, José Nilson
Palavras-chave: Etnomatemática;Contexto sociocultural;Resolução de problemas;Produto educacional
Data do documento: 9-Jun-2016
Citação: MORAIS, José Nilson. Etnomatemática da feira livre: contribuições para uma proposta didáticopedagógica de ensino-aprendizagem em matemática na educação básica. 2016. 172f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Naturais e Matemática) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: This paper aims to analyze evidences of mathematical knowledge implicit in commercial operations of three market stallholders, located in Nova Natal Housing Complex, at Natal/RN. To achieve this goal, it was searched for theoretical support in the views of D'Ambrosio (2002) on Ethnomathematics, in the official documents’ proposal, as well as in qualitative research. In the empirical part, it was used Ethnography procedures, such as diary, semi-structured interviews and participant observation. Based on the collected data’s analysis, it was elaborated an Activity Book as a proposal to support the process of teaching and learning in mathematics, guided by assumptions of teaching-learning-assessment methodology through the Solving Problem, based on the concepts of Onuchic & Allevato (2009) who assisted in the establishment of the Educational Product to the level of Basic Education. The problem-situations, inserted in the Product Educational, emerged from the interpretations of mathematical knowledge, has as a starting point from the purchases made by market stallholders for suppliers until the sales of these suppliers by the stallholders to the clients on the open market. In this sociocultural context, it can be noted the presence of mathematical ideas, since the stallholders make use of a specific type of mathematics to solve their inherent problems, on purchasing and sales: passing the change, choose the best tool to quantify the earnings, without using calibrated instruments as analog or digital scale. The Educational Product consists of an alternative proposal for the mathematical process of teaching and learning, intending to promote the application of abilities geared to estimated calculation, appropriation of mathematical concepts applied in different situations, as well as in other knowledge areas, besides it is, in fact, a proposal for the teachers to implement educational and pedagogical actions in the classroom.
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho tem como objetivo analisar indícios de conhecimentos matemáticos, implícitos nas operações comerciais de três feirantes da feira livre localizada no Conjunto Habitacional de Nova Natal em Natal/RN. Para alcançar tal objetivo, buscou-se apoio nas concepções de D’Ambrosio (2002) sobre Etnomatemática, nas propostas dos documentos oficiais, além da pesquisa qualitativa. Na parte empírica, usou-se procedimentos da Etnografia, como o diário de campo, a entrevista semiestruturada e a observação participante. A partir das análises dos dados coletados, elaborou-se um Caderno de Atividades como proposta para subsidiar o processo de ensino–aprendizagem em Matemática, norteada pelos pressupostos da Metodologia de ensino–aprendizagem–avaliação através da Resolução de Problemas, nas concepções de Allevato e Onuchic (2009) que auxiliaram na constituição do Produto Educacional ao nível da Educação Básica. As situações–problema, inseridas no Produto Educacional, surgiram das interpretações dos conhecimentos matemáticos, tomando como ponto de partida as compras realizadas pelos feirantes junto aos fornecedores até as vendas destas mercadorias aos clientes na feira livre. Nesse contexto sociocultural nota-se ideias matemáticas presentes, pois os feirantes fazem uso de um tipo de matemática específica para solucionar seus problemas, inerentes nas compras e nas vendas: ao passar o troco e ao escolher a melhor ferramenta para quantificar as mercadorias, sem utilizar instrumentos aferidos, como a balança analógica ou digital. O Produto Educacional consiste em uma proposta alternativa para o processo de ensino–aprendizagem em Matemática, na intenção de promover a ampliação das habilidades voltadas para o cálculo estimativo e a apropriação dos conceitos matemáticos aplicados em diversas situações, como também, nas outras áreas do conhecimento além de ser, de fato, uma proposta para que os docentes implementem ações didáticos-pedagógicas em sala de aula em Matemática.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21690
Aparece nas coleções:PPGECNM - Mestrado em Ensino de Ciências Naturais e Matemática

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoseNilsonMorais_DISSERT.pdf3,45 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.