Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21968
Título: Elaboração e validação de conteúdo de um instrumento para identificação de violência contra criança
Autor(es): Revorêdo, Luciana da Silva
Palavras-chave: Criança;Pessoal de saúde;Violência;Questionários
Data do documento: 22-Jul-2016
Citação: REVORÊDO, Luciana da Silva. Elaboração e validação de conteúdo de um instrumento para identificação de violência contra criança. 2016. 16f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: The role of multidisciplinary health teams is key for the early prevention and identification of situations of violence. However, there is still great difficulty among professionals regarding the tracking of child abuse. Thus, there is need for a validated instrument that can be used by health professionals in a practical and objective way in the tracking of neglect and ill-treatment in infants in routine clinical practice. The aim of this study was to develop and validate the contents of an instrument for identifying violence against children. This is a methodological study consisting of two stages: the first was the development of the instrument from the literature review; the second was the content validation with evaluation of the instrument by 25 experts in the first phase, 22 in the second, and 21 in the third phase. In order to promote a multidimensional investigation of violence through a comprehensive understanding of human beings and contextualized in the phenomenon, was used the bio-ecological theory of human development. In this sense, the objective of the questionnaire is to track signs of abuse and ill-treatment of the four natures of violence - physical, psychological, sexual, neglect/abandonment - by means of the following dimensions: behavioral signs of the child; signs of physical violence; Munchausen syndrome by proxy (induction of symptoms and diseases in children by parents/caregivers); signs of sexual violence; and signs of neglect. For analysis, were adopted Kappa coefficient ≥0.61 and content validity index (CVI) ≥0.75. In the first round, of the 62 items, 39 (62.90%) showed Kappa ≥0.61 and content validity index ≥0.79. In the others (n = 23; 37.10%) were found low Kappa indexes, hence there were reformulations. The instrument received Kappa overall evaluation of 0.62, and content validity index of 0.85, which are considered good results. In the second round after the adjustments suggested by the experts, the instrument included 50 items in total. Of these, 49 had content validity index between 0.81 and 1.00, and Kappa between 0.61 and 0.99. Only an item had Kappa >0.61 (K = 0.50; CVI = 0.81). The lack of agreement among experts resulted in the exclusion of this item in a third round. The instrument was evaluated positively, reaching Kappa of 0.85, and content validity index of 0.95 in the second Delphi phase. In the last phase, the overall indices of Kappa and content validity of the instrument were 0.98 and 0.99, respectively. The instrument presented satisfactory content validity index and can be used to identify signs of suspected violence and help health professionals in child care.
metadata.dc.description.resumo: A atuação das equipes multiprofissionais de saúde é fundamental para a prevenção e a identificação precoce de situações de violência. Entretanto, observa-se que ainda existe grande dificuldade entre os profissionais quanto ao rastreamento de abusos contra criança. Assim, observa-se a necessidade de um instrumento validado que possa ser utilizado por profissionais de saúde, de maneira prática e objetiva, no rastreamento de negligência e maus tratos em infantes no cotidiano da prática clínica. Neste sentido, esta pesquisa objetivou elaborar e validar o conteúdo de um instrumento para identificação de violência contra criança. Trata-se de estudo metodológico composto por duas etapas: a primeira foi a elaboração do instrumento, a partir de revisão da literatura; a segunda, de validação de conteúdo, mediante a avaliação do instrumento por 25 especialistas, na primeira fase, 22 juízes na segunda, e 21 na terceira rodada. Para análise, adotaram-se coeficiente Kappa ≥0,61 e índice de validade de conteúdo ≥0,75. Na primeira rodada, 39 (62,90%) apresentaram Kappa ≥0,61 e Índice de Validade de Conteúdo ≥0,79. Nos demais itens (n=23; 37,10%), foram encontrados baixos índices de concordância Kappa e, por isso, receberam reformulações. O instrumento recebeu avaliação geral de Kappa de 0,62 e Índice de Validade de Conteúdo de 0,85, que são considerados bons resultados. No que diz respeito à segunda rodada, após as alterações sugeridas pelos especialistas, o instrumentou passou a possuir 50 itens. Destes, 49 apresentaram Índice de Validade de Conteúdo entre 0,81 e 1,00, e Kappa entre 0,61 e 0,99. Apenas um item teve Kappa >0,61 (K=0,50; IVC=0,81). A insuficiência de concordância entre os especialistas ocasionou na exclusão dele, em uma terceira rodada. O instrumento foi avaliado de forma positiva, obtendo Kappa igual a 0,85 e Índice de Validade de Conteúdo de 0,95, na segunda fase Delphi. Por fim, na última etapa, os índices gerais de Kappa e de IVC do instrumento foram 0,98 e 0,99, respectivamente O instrumento apresentou índice de validade de conteúdo satisfatório e pode ser utilizado para identificar os sinais de suspeita de violência e auxiliar os profissionais de saúde na assistência à criança.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21968
Aparece nas coleções:PPGCSA - Mestrado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LucianaDaSilvaRevoredo_DISSERT.pdf656,12 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.