Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22840
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorGuerra, Ricardo Oliveira-
dc.contributor.authorPinheiro, Carolina Dutra Gomes-
dc.date.accessioned2017-05-09T16:46:21Z-
dc.date.available2017-05-09T16:46:21Z-
dc.date.issued2015-12-14-
dc.identifier.citationPINHEIRO, Carolina Dutra Gomes. Estimativa de prevalência de sarcopenia e fatores associados em uma amostra de idosos comunitários do Nordeste Brasileiro. 2015. 53f. Dissertação (Mestrado em Fisioterapia) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/123456789/22840-
dc.description.abstractObjetivo: Estimar a prevalência e fatores associados à sarcopenia em uma amostra de idosos comunitários do Nordeste Brasileiro. Métodos: Trata-se de um estudo epidemiológico observacional analítico de corte transversal, no qual foram avaliados 337 idosos, com idade a partir de 60 anos, de ambos os sexos. Os indivíduos foram avaliados quanto às características sociodemográficas, clínicas, antropométricas e de desempenho físico. A presença ou ausência de sarcopenia foi verificada separadamente entre homens e mulheres seguindo a classificação proposta pelo European Working Group on Sarcopenia in Older Adults (EWGSOP). As diferenças nas características de acordo com a presença ou ausência de sarcopenia e sexo foram analisadas através do teste T-student e Qui-quadrado (p valor < 0,05). Foi utilizado um modelo de regressão logística para analisar os fatores associados à sarcopenia. Resultados: A média de idade dos homens foi 72,49 (+7,99) anos e das mulheres 70,06 (+7,06) anos, sendo a prevalência da sarcopenia de 12,3% e 11,6% respectivamente. Em ambos os sexos os indivíduos classificados com sarcopenia possuíram idade superior aos sem sarcopenia (p<0,001). Homens com sarcopenia mostraram baixo nível de atividade física em relação aos sem sarcopenia (p<0,032). Após análise multivariada, a idade (OR=7,51; IC= 2,10 - 26,77) e a circunferência de cintura (OR= 0,19; IC= 0,07 - 0,47) foram os fatores que permaneceram associados com sarcopenia. Conclusão: A estimativa de prevalência foi de 11,8% na amostra estudada, não havendo diferenças entre homens e mulheres. O avanço da idade e a medida de circunferência da cintura foram os fatores associados à sarcopenia.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSarcopeniapt_BR
dc.subjectEnvelhecimentopt_BR
dc.subjectPrevalência.pt_BR
dc.titleEstimativa de prevalência de sarcopenia e fatores associados em uma amostra de idosos comunitários do Nordeste Brasileiropt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
dc.publisher.programPROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIApt_BR
dc.contributor.authorID01066489424pt_BR
dc.contributor.advisorID39643069400pt_BR
dc.contributor.referees1Maciel, Alvaro Campos Cavalcanti-
dc.contributor.referees1ID93261438487pt_BR
dc.contributor.referees2Alexandre, Tiago da Silva-
dc.contributor.referees2ID21603288805pt_BR
dc.description.resumoObjetivo: Estimar a prevalência e fatores associados à sarcopenia em uma amostra de idosos comunitários do Nordeste Brasileiro. Métodos: Trata-se de um estudo epidemiológico observacional analítico de corte transversal, no qual foram avaliados 337 idosos, com idade a partir de 60 anos, de ambos os sexos. Os indivíduos foram avaliados quanto às características sociodemográficas, clínicas, antropométricas e de desempenho físico. A presença ou ausência de sarcopenia foi verificada separadamente entre homens e mulheres seguindo a classificação proposta pelo European Working Group on Sarcopenia in Older Adults (EWGSOP). As diferenças nas características de acordo com a presença ou ausência de sarcopenia e sexo foram analisadas através do teste T-student e Qui-quadrado (p valor < 0,05). Foi utilizado um modelo de regressão logística para analisar os fatores associados à sarcopenia. Resultados: A média de idade dos homens foi 72,49 (+7,99) anos e das mulheres 70,06 (+7,06) anos, sendo a prevalência da sarcopenia de 12,3% e 11,6% respectivamente. Em ambos os sexos os indivíduos classificados com sarcopenia possuíram idade superior aos sem sarcopenia (p<0,001). Homens com sarcopenia mostraram baixo nível de atividade física em relação aos sem sarcopenia (p<0,032). Após análise multivariada, a idade (OR=7,51; IC= 2,10 - 26,77) e a circunferência de cintura (OR= 0,19; IC= 0,07 - 0,47) foram os fatores que permaneceram associados com sarcopenia. Conclusão: A estimativa de prevalência foi de 11,8% na amostra estudada, não havendo diferenças entre homens e mulheres. O avanço da idade e a medida de circunferência da cintura foram os fatores associados à sarcopenia.pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONALpt_BR
Appears in Collections:PPGFS - Mestrado em Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CarolinaDutraGomesPinheiro_DISSERT.pdf2.05 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.