Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23037
Título: Herbivores on the plate: the growing fishing pressure on parrotfish
Autor(es): Roos, Natália Carvalho
Palavras-chave: Budião;Scaridae;Recifes de corais;Pesca artesanal;LEK
Data do documento: 26-Fev-2015
Citação: ROOS, Natália Carvalho. Herbivores on the plate: the growing fishing pressure on parrotfish. 2015. 61f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Abstract: In coral reef environments, there is an increasing concern over parrotfish (Labridae: Scarini) due to their rising exploitation by commercial small-scale fisheries, which is leading to significant changes in the reefs’ community structure. Three species, Scarus trispinosus (Valenciennes, 1840), Sparisoma frondosum (Agassiz, 1831) and Sparisoma axillare (Steindachner, 1878), currently labeled as threatened, have been intensively targeted in Brazil, mostly on the northeastern coast. Despite their economic importance, ecological interest and worrisome conservation status, not much is known about which variables determine their occurrence. In this study, we adopted a hierarchical Bayesian spatial-temporal approach to map the distribution of these three species along the Brazilian coast, using landing data from three different gears (gillnets, spear guns, and handlines) and environmental variables (bathymetry, shore distance, seabed slope, Sea Surface Temperature and Net Primary Productivity). Our results identify sensitive habitats for parrotfish along the Brazilian coast that would be more suitable to the implementation of spatial-temporal closure measures, which along with the social component fishers could benefit the management and conservation of these species.
Resumo: Gerir de forma sustentável a pesca local de pequena escala em recifes de corais é desafiador devido sua grande importância às comunidades locais. Os peixes recifais são considerados uma importante fonte de alimento e renda para as populações humanas costeiras, além disso, desempenham funções ecossistemas vitais para a manutenção dos recifes de corais. Os budiões (Perciformes: Scaridae) são atualmente uns dos peixes recifais mais capturados através da pesca artesanal no Rio Grande do Norte. Considerados grandes herbívoros, possuem uma enorme importância funcional para os corais pois controlam o crescimento de algas e previnem a dominância das espécies superiormente competidoras, mantendo a diversidade dos recifes. Por consumirem uma grande proporção de algas, estes peixes são o maior link de transferência de energia para os níveis tróficos superiores. Porém, a falta de informações sobre demais aspectos da biologia e ecologia destes peixes ainda é grande no Brasil, e principalmente a falta de dados de captura através da pesca e seus impactos aos recifes, tornando mais difícil o manejo. Sabe-se que estudos utilizando o conhecimento ecológico dos pescadores (CEP) sobre as espécies de peixes complementam os dados da literatura científica e são fundamentais para o delineamento de planos de manejo. Dessa forma, obter dados de conhecimento ecológico e entender o comportamento dos pescadores são componentes fundamentais para um manejo pesqueiro efetivo, principalmente em casos onde há falta de informação. Dessa forma, o objetivo deste estudo é utilizar o conhecimento ecológico local dos pescadores e os dados de desembarque para obter informações sobre as espécies budiões, bem como diagnosticar o atual estado e a dinâmica deste tipo de pesca na APA de Recife de Corais do Rio Grande do Norte (APARC - RN).
URI: http://hdl.handle.net/123456789/23037
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Ecologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
NataliaCarvalhoRoos_DISSERT..pdf2,12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.