Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23493
Título: Arquiteturas pedagógicas como dispositivos de formação de professores em práticas multiletradas por meio das tecnologias digitais
Autor(es): Santos, Karen Christina Pinheiro dos
Palavras-chave: Arquiteturas pedagógicas;Pedagogia dos multiletramentos;Práticas curriculares abertas;Formação de professores
Data do documento: 12-Dez-2016
Citação: SANTOS, Karen Christina Pinheiro dos. Arquiteturas pedagógicas como dispositivos de formação de professores em práticas multiletradas por meio das tecnologias digitais. 2016. 217f. Tese (Doutorado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: This research comprises pedagogical architectures as devices of the formation of multiliteracies practices of teachers who have participated of the course of 'Continued Education of Teachers of the Project One Computer Per Student / UCA‟, held at the Municipal School Prof. Herly Parente, Natal-RN. Its object of study consists in the redesign of the concept of pedagogical architectures aimed at the planning of teachers who use the laptop in the classroom. The concept of Pedagogical Architectures, as proposed by Carvalho, Nevado and Menezes (2005), is understood as learning structures that take place at the confluence of pedagogical and technological approaches. It will be discussed in the perspective of multiliteracy during the formation of teachers who plan, research, register, systematize, create strategies, use technologies and evaluate their students' learning experiences from the point of view of Uncertainty Pedagogy (FREIRE, 2002). We propose as a structuring element of these architectures, the learning by design of sense construction proposed by the Pedagogy of Multiliteracies (COPE & KALANTZIS, 2000) that structures the cultural spacetime of the teaching and learning process and the different ways of signifying language mediated by digital technologies. We take as theoretical reference beyond the concept of pedagogical architectures (CARVALHO; NEVADO; MENEZES, 2005) The contributions of the Literacy Studies (GEE 1991, STREET, 1995), the structure and agency relationship (ARCHER, 2011), the concepts of the literacy´s agent (KLEIMAN, 2006), agentive mediator (OLIVEIRA, 2010a) and communities of practice (WENGER, 1998). The study has as a methodological approach the research-formation, proposed by Josso (2009), that aligns with the perspective of qualitative research of ethnographic character, adopting as data generation procedures, the instruments: participant observation, analysis of documents, questionnaires and interviews. The research has as context the Municipal School Prof. Herly Parente, Natal-RN that was contemplated with the distribution of laptops by the UCA Project and formation of their teachers. It has as collaborators 16 (sixteen) teachers who have participated in this formation, providing reports and productions of their practices developed in the classroom, using technologies, which have constituted the corpus of the research. Our premises around the constructs 'Pedagogical Architectures' and 'Pedagogy of Multiliteracies', sought, in the formation of the teachers, the conciliation between open practices and those already consolidated and disciplined in the school (OLIVEIRA, 2010b). The analysis show that the challenges faced by teachers in their practices, when they develop pedagogical architectures using the laptop, allow not only the creation of strategies of activities for open curricular practices be possible in the context of traditional teaching, but also to expand the repertoires of multiliteracies practices of these teachers, impacting their formation.
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa compreende as arquiteturas pedagógicas como dispositivos de formAção de práticas multiletradas de professores que participaram do curso de „Formação Continuada de Professores do Projeto Um Computador por Aluno/UCA‟, realizado na Escola Municipal Prof. Herly Parente, Natal-RN. Seu objeto de estudo consiste no redimensionamento do conceito arquiteturas pedagógicas voltado para o planejamento de professores que utilizam o laptop na sala de aula que tem como objetivo geral compreender as arquiteturas pedagógicas entendidas como dispositivos de formAção, a partir dos quais os professores estruturam práticas multiletradas. O conceito de Arquiteturas Pedagógicas, conforme proposto por Carvalho, Nevado e Menezes (2005), é compreendido como estruturas de aprendizagem que se realizam na confluência de abordagens pedagógicas e tecnológicas. Nesse sentido, tomaremos como análise os seguintes objetivos específicos: (a) discutir como os professores vivenciam práticas multiletradas a partir do uso de arquiteturas pedagógicas desenvolvidas durante o planejamento de atividades curriculares, utilizando o laptop e quais os desafios dessa prática; (b) identificar os impactos das arquiteturas pedagógicas nos modos de ressignificar o espaço-tempo disciplinado pela escola no trabalho do professor; (c) Apreender os recursos educacionais abertos (REA) por meio dos quais as arquiteturas pedagógicas, desenvolvidas na formação do professor, possibilitam a mobilização de estratégias curriculares abertas interessadas na observação de como os alunos melhor se engajam em suas atividades escolares, com o laptop. Estes objetivos serão realizados dentro da perspectiva dos multiletramentos durante a formação de professores que planejam, pesquisam, registram, sistematizam, criam estratégias, utilizam tecnologias e avaliam experiências de aprendizagem de seus alunos sob o ponto de vista da Pedagogia da Incerteza (FREIRE, 2002). Propomos como elemento estruturante dessas arquiteturas, a aprendizagem por design de construção de sentidos proposto pela Pedagogia dos Multiletramentos (COPE & KALANTZIS, 2000) que estrutura os espaçostempos culturais do processo ensino e aprendizagem e dos diferentes modos de significar a linguagem mediada pelas tecnologias digitais. Tomamos como referencial teórico além do conceito de arquiteturas pedagógicas (CARVALHO; NEVADO; MENEZES, 2005), as contribuições dos Estudos de Letramento (GEE 1991; STREET, 1995), a relação estrutura e agência (ARCHER, 2011), os conceitos de agente de letramento (KLEIMAN, 2006), de mediador agentivo (OLIVEIRA, 2010a) e comunidades de prática (WENGER, 1998). O estudo tem como abordagem metodológica a pesquisa-formação, proposta por Josso (2009), que se alinha à perspectiva de pesquisa qualitativa de cunho etnográfico, adotando como procedimentos de geração dos dados, os instrumentos: observação participante, análise de documentos, questionários e entrevistas. A pesquisa tem como contexto a Escola Municipal Prof. Herly Parente, Natal-RN que foi contemplada com a distribuição de laptops do Projeto UCA e formação de seus professores. Tem como colaboradores 16 professores que participaram dessa formação, fornecendo relatos e produções de suas práticas desenvolvidas na sala, utilizando tecnologias, os quais constituíram o corpus da pesquisa. Nossas premissas em torno dos construtos 'Arquiteturas Pedagógicas‟ e „Pedagogia dos Multiletramentos‟, buscaram, na formação de professores, a conciliação entre práticas abertas e as já consolidadas e disciplinadas na escola (OLIVEIRA, 2010b). As análises evidenciam que os desafios vivenciados pelos professores em suas práticas, ao desenvolverem arquiteturas pedagógicas utilizando o laptop, permitiram não somente a criação de estratégias de atividades para que práticas curriculares abertas sejam possíveis em contexto de ensino tradicional como também ampliaram os repertórios de práticas multiletradas desses professores, impactando a sua formação.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23493
Aparece nas coleções:PPGEL - Doutorado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
KarenChristinaPinheiroDosSantos_TESE.pdf3,92 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.