Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24240
Título: O figurino, a narrativa e os movimentos artísticos nos filmes de Guel Arraes
Autor(es): Souza, Carla Patrícia Oliveira de
Palavras-chave: Arraes, Guel, 1953;Cinema – Produção e direção;Figurino no cinema
Data do documento: 13-Nov-2017
Editor: Editora da UFRN
Citação: SOUZA, Carla Patrícia Oliveira de. O figurino, a narrativa e os movimentos artísticos nos filmes de Guel Arraes. Natal: EDUFRN, 2017. 156 p.
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa focaliza a trajetória do cineasta Guel Arraes e escolhe para análise dois filmes, O Auto da Compadecida (2000) e O Bem Amado (2010), bem como seus figurinos. O enfoque no figurino é realizado a partir da Semiologia e objetiva decifrar os sentidos produzidos na indumentária. Três personagens dos filmes terão os seus figurinos analisados a partir da teoria de Roland Barthes. A influência do movimento Armorial no filme O Auto da Compadecida e da estética Kitsch no filme O Bem Amado merecem uma reflexão, além do estudo da função do figurino no interior da narrativa amparado pela análise estrutural da narrativa de Roland Barthes
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24240
ISBN: 978-85-425-0735-5
Aparece nas coleções:EDUFRN - Linguística, Literatura e Artes

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
O figurino, a narrativa, e os movimentos artísticos nos filmes de Guel Arraes.pdf9,92 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.