Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24991
Title: Trajetórias tecidas entre as luzes da cidade e as veredas do sertão: jovens mulheres rurais, ensino superior e projetos de vida
Other Titles: Trajectories women the lights of the city and paths of jungle: young rural women, highter education and life projects
Authors: Braga, José Ricardo Marques
Keywords: Jovens mulheres rurais;Ensino superior;Projetos de vida
Issue Date: 7-Feb-2018
Citation: BRAGA, José Ricardo Marques. Trajetórias tecidas entre as luzes da cidade e as veredas do sertão: jovens mulheres rurais, ensino superior e projetos de vida. 2018. 228f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Abstract: When taking as interlocutors young universitary students of a rural community in north Ceará that live in the flows and borders between field and city I have an objective from understand about the motivating factors that have made possible a trajectory of school longevity – the arrival at the university as well as analyze how the (re) construction oh their life projects takes place during the university experience. To do so, I take as a presupposition that needs to follow the itineraries by which they construct their daily lives. Thus, in the light of Marcus (2004) multisite etnography, I follow the everyday trails of youngs, in the rural community, university transportation and university. With a qualitative research, this etnography study chooses participant observation, semi-structured interviews and biographical narratives as research techniques necessary to achieve its purposes. In the fluxes and crossings of boundaries – producers of subjectivities – that young women, in a processual movement, (re) construct between the rural world and the urban universe. The transit between different domains and universes of meanings leads to the articulation between diversified networks, promoting the proliferation to multiple experiences. The multiplicity of references leads, therefore, t the problem of fragmentation, which for Velho (2003) is one of the signs of modernity. However, it is in the imbricated process between continuity and discontinuity, between tradition and modernity that we can locate the understanding of (re) construction of the life projects these youngs. The data obtained point to a complex and multifaceted reality that signals the elaboration of life projects within an urban perspective, using the city and their benefits, but without an uprooting of the field, which remains a strong reference for think of the trajectories of the young investigated.
Portuguese Abstract: Ao tomar como interlocutoras jovens universitárias de uma comunidade rural no norte cearense que vivem nos fluxos e fronteiras entre campo e cidade, tenho por objetivo compreender os fatores motivadores e que tornaram possível uma trajetória de longevidade escolar – a chegada à universidade – bem como analisar como se dá a (re) construção de seus projetos de vida ao longo da experiência universitária. Para tanto, tomo como pressuposto a necessidade de percorrer os itinerários pelos quais constroem seus cotidianos. Assim, à luz da perspectiva da etnografia multissituada de Marcus (2001), sigo as trilhas cotidianas das jovens, a saber: a comunidade rural, o transporte universitário e a universidade. Com uma abordagem qualitativa, este empreendimento etnográfico elege a observação participante, entrevistas semiestruturadas e narrativas biográficas como técnicas de pesquisa necessárias para atingir suas finalidades. São nos fluxos e no cruzamento de fronteiras – produtores de subjetividades – que as jovens, num movimento processual, se (re) constroem entre o mundo rural e o universo urbano. O trânsito entre diferentes domínios e universos de significados leva à articulação entre diversificadas redes, promovendo a proliferação de múltiplas experiências. A multiplicidade de referências leva, assim, ao problema da fragmentação, que para Velho (2003) é um dos indícios da modernidade. Todavia, é no imbricado processo entre continuidade e descontinuidade, entre tradição e modernidade que podemos localizar a compreensão da (re) construção dos projetos de vida dessas jovens. Os dados obtidos apontam para uma realidade complexa e multifacetada, que sinalizam para a elaboração dos projetos de vida dentro de uma perspectiva urbana, utilizando-se da cidade e de suas benesses, mas sem um desenraizamento do campo, que permanece como forte referência para se pensar as trajetórias das jovens investigadas.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24991
Appears in Collections:PPGAS - Mestrado em Antropologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TrajetoriasTecidasLuzes_Braga_2018.pdf1,64 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.