Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25115
Título: A escassez de água na caatinga: uma questão sociocientífica para desenvolver habilidades argumentativas nas aulas de biologia
Autor(es): Silva, Marcela Gomes da
Palavras-chave: Argumentação;Ensino de ciências;Questão sociocientífica;Caatinga;Níveis do argumento
Data do documento: 13-Dez-2017
Referência: SILVA, Marcela Gomes da. A escassez de água na caatinga: uma questão sociocientífica para desenvolver habilidades argumentativas nas aulas de biologia. 2017. 112f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Naturais e Matemática) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Abstract: In this research, we investigate a classroom experience with the use of argumentation in science education. The need to make the process of teaching and learning science more efficient and to expand the discussion about didactic proposals for its teaching determined the choice of the subject matter of study. In order to do so, one of the views of theories of argumentation in Science education were taken as base for the use of a Socioscientific Issue was focused on an authentic problem as a tool in the development of argumentative skills. The research was conducted in a school of secondary education integrated with technical education of the federal public education network of Rio Grande do Norte with students from the 1st to the 4th year. The objectives included the elaboration and application of the educational product, a sequence of activities on the subject of water scarcity at Seridó, entitled 'Where is the water that was here?', and after its application was sought to evaluate the arguments produced by the students. For the analysis of the data an array of elements of the argument was elaborated from different authors, as well as lines of analysis of the quality and level of the arguments validated in the literature. The results indicated that in the first proposed activity regarding the structure, more than half of the student presented arguments with data, justification and conclusion. Regarding the quality of the arguments, from the combinations of the elements, more than half arrived between 4 and 5 elements present in their arguments, among them refutation. In the second activity, with respect to the quality of the arguments and, particularly with regard to the scientific content, we observe a progression in which only one group did not present scientific data (collected in the field trip) suitable for conclusion. On the other hand, it is emphasized that although the justification is related to the conclusion, some of the participants had difficulties in relating data to conclusion. Regarding the proposed resolutions for the proposed problem were of a technical nature, it stands out in addition to the expressive number of these, most reached levels 3 and 4, as they presented more than one justification clearly distinguishing the conclusion. We understand that the activities could contribute to broaden their perceptions regarding the theme, and at the same time to incorporate the various scientific concepts into their arguments. Thus, we understand that the results found here highlight the importance of discussing socio-scientific issues (based on authentic problems) in the classroom for the development of students' argumentative skills in order to assist them in decision-making processes and to foster scientific knowledge.
Resumo: Nesta pesquisa, investiga-se uma experiência em sala de aula com o uso da argumentação no ensino de ciências. A necessidade de tornar mais eficiente o processo de ensino e aprendizagem de ciências e de ampliar a discussão sobre propostas didáticas para o seu ensino determinou a opção pelo tema em estudo. Para isso, tomou-se por base uma das visões da argumentação no Ensino de Ciências e enfocou-se o uso de uma Questão Sociocientífica a partir de um problema autêntico como uma ferramenta no desenvolvimento de habilidades argumentativas. A pesquisa foi desenvolvida em uma escola de ensino médio integrado ao ensino técnico da rede pública federal de ensino do Rio Grande do Norte com alunos do 1° ao 4° ano. Os objetivos incluíam a elaboração e aplicação do produto educacional, uma sequência de atividades sobre o tema escassez de água no Seridó, intitulada ‘Cadê a água que estava aqui?’ e avaliar os argumentos produzidos pelos alunos durante esta atividade no que diz respeito aos elementos constitutivos, a qualidade, ao conteúdo científico, a natureza das propostas e os níveis destas propostas e das refutações. Para a análise dos dados foi elaborada uma matriz de elementos do argumento a partir de diferentes autores, além de rubricas de análise da qualidade e nível dos argumentos validados na literatura. Os resultados sinalizaram que na primeira atividade proposta quanto à estrutura, mais da metade do alunado apresentou argumentos com dados, justificativa e conclusão. Com relação à qualidade dos argumentos, a partir das combinações dos elementos, mais da metade chegou entre 4 e 5 elementos presentes em seus argumentos, entre eles refutação. Na segunda atividade, com relação a qualidade dos argumentos e, particularmente no que se refere ao conteúdo científico, observamos uma progressão em que apenas um grupo não apresentou dados científicos (coletados na viagem de campo) adequados a conclusão. Por outro lado, ressalta-se que apesar da justificativa estar relacionada à conclusão, parte dos participantes teve dificuldades em relacionar dados a conclusão. Com relação as propostas de resolução para o problema proposto foram de natureza técnica, destaca-se além do número expressivo destas, a maioria alcançou níveis 3 e 4, pois apresentavam mais de uma justificativa distinguindo de forma clara da conclusão. Entendemos que as atividades possibilitaram a ampliação da percepção do alunado em relação à temática, e ao mesmo tempo incorporar os diversos conceitos científicos em seus argumentos. Assim, entendemos que os resultados aqui encontrados ressaltam a importância da discussão de temas sociocientíficos (baseados em problemas autênticos) em sala de aula para o desenvolvimento das habilidades argumentativas nos alunos com vistas a auxiliá-los nos processos de tomada de decisão e no favorecimento do conhecimento científico.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25115
Aparece nas coleções:PPGECNM - Mestrado em Ensino de Ciências Naturais e Matemática

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MarcelaGomesDaSilva_DISSERT.pdf1,81 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.