Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/25339
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAraújo, Allyson Carvalho de-
dc.contributor.authorGomes, Vivianne Limeira Azevedo-
dc.date.accessioned2018-06-11T23:56:08Z-
dc.date.available2018-06-11T23:56:08Z-
dc.date.issued2018-03-12-
dc.identifier.citationGOMES, Vivianne Limeira Azevedo. Mediações de lazer no Instagram: imagens, visualidades e sentidos. 2018. 99f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Mídia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25339-
dc.description.abstractThe present research aims to understand the making sense of mediation, appropriation and visibility of leisure from Instagram´s images. Our discussion problematizes the representation of leisure towards the visualities of this practice expressed by using the leisure hashtag and other related tags that fuel the interaction mechanisms between the profiles and their nets within digital media. Looking forward to identifying the link between the senses established by such appropriation and new meanings of the contemporary leisure pictures. It is also intended to lead the idea of the mediatized leisure on Instagram, as it is a global ambience with diverse expressions of social groups and individuals that consume, get informed by, manifest and (re)produce contents through images. Methodologically, it is about a first approximation, based on the ethnographic observation within social media, constituted by a descriptive research followed by a social network analysis approach and discursive relation. The research denoted the link between media and leisure as something cultural as well as an attachment to consumption, which sustain the culture and structure connected on the web. The articulated systematizations point out the importance of perceptions and representations of the user or person that appropriates the media as a producer of a new production space of contents and, in that sense, fuels and feeds back contents regarding leisure, giving a new meaning to social practices when catching sight of perceptible means of leisure visualized on the web.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEstudos da mídiapt_BR
dc.subjectMediaçãopt_BR
dc.subjectLazerpt_BR
dc.subjectInstagrampt_BR
dc.titleMediações de lazer no Instagram: imagens, visualidades e sentidospt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
dc.publisher.programPROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS DA MÍDIApt_BR
dc.contributor.authorIDpt_BR
dc.contributor.advisorIDpt_BR
dc.contributor.referees1Maia, Kenia Beatriz Ferreira-
dc.contributor.referees1IDpt_BR
dc.contributor.referees2Silva, Priscilla Pinto Costa da-
dc.contributor.referees2IDpt_BR
dc.contributor.referees3Costa, Alan Queiroz da-
dc.contributor.referees3IDpt_BR
dc.contributor.referees4Araújo, Bruno Medeiros Roldão de-
dc.contributor.referees4IDpt_BR
dc.description.resumoA visibilidade de atividades do cotidiano potencializada nas redes sociais pelas tecnologias digitais e por uma cultura técnico-informacional nos levou a compreender os sentidos na mediação do lazer a partir das imagens no Instagram. Nossa discussão problematiza a visibilidade do lazer diante das visualidades desta prática pelo uso da hashtag lazer e do conjunto de tags associadas que alimentam os mecanismos de interação entre os perfis e suas redes. Busca-se, assim, identificar os nexos de sentido estabelecidos na mediação, apropriação e visibilidade do lazer na rede, como elemento de ressignificação e retroalimentação de conteúdos aliado ao consumo visual diante da produção demasiada de imagens. Nossa intenção é também tangenciar a ideia do lazer midiatizado no Instagram, por ser esta uma ambiência global com diversas expressões de grupos sociais e indivíduos que consomem, se informam, manifestam e (re) produzem conteúdos, por meio de imagens. Metodologicamente, trata-se da observação etnográfica na rede social, constituindo-se de uma pesquisa qualitativa descritiva em que interpretamos as representatividades e visualidades do lazer na rede, apoiada no mapeamento e análise de conteúdo. As sistematizações articuladas apontam a relação entre mídia e lazer como algo cultural, ligado ao consumo e ambos para dar sustentação a cultura e a estrutura conectada em rede. Os resultados da dimensão imagética evidenciaram que a visibilidade do cotidiano se estende para ampliar as visualidades do lazer vinculado as percepções e representações enquanto se fala do usuário ou da pessoa que se apropria da mídia como produtora de um novo espaço de produção de conteúdos. O lazer como fenômeno social, situado em um contexto imagético, portanto, repleto de sentidos, dentro de uma comunicação mediada ressignificam as práticas sociais alimenta e retroalimentam conteúdos no entre-ver meios de lazeres perceptíveis visualizados na rede.pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO: ESTUDOS DA MÍDIApt_BR
Appears in Collections:PPGEM - Mestrado em Estudos da Mídia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VivianneLimeiraAzevedoGomes_DISSERT.pdf1,14 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.