Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25653
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFalcão, Jorge Tarcisio da Rocha-
dc.contributor.authorAndrade, Juliana Moreira da Silva-
dc.date.accessioned2018-08-02T21:24:32Z-
dc.date.available2018-08-02T21:24:32Z-
dc.date.issued2018-03-28-
dc.identifier.citationANDRADE, Juliana Moreira da Silva. A psicoterapia como atividade de trabalho no Brasil. 2018. 283f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25653-
dc.description.abstractThe field of psychotherapy was built from historical shamanic roots, through processes of scientification and institutionalization. These processes allowed it to achieve validity, diversification, expansion and social consolidation as a clinical practice that can be exercised by many professionals, psychologists included. In Brazil, this professional activity is sometimes seen as the main social representation of the psychologist, and even of psychology itself. However, the field is scattered in its perspectives, with a persisting need to deepen discussions related to problems that go beyond its fragmentation. Therefore, the objective of this research was to understand and analyze psychotherapy as a work activity, from the point of view of psychotherapistspsychologists themselves, opening space for reflection and possibilities for activity transformation. We adopted the clinical method of activity analysis, using a sequence of articulated interviews. Three psychotherapists participated in the study, affiliated to different theoretical and methodological approaches and with diversified time of professional experience. Results presented a characterization of the psychotherapist’s professional activity. There were several common aspects about their work, pointing towards the existence of a professional gender of autonomous psychotherapists-psychologists, beyond the fragmentation in approaches. Several issues were observed, such as: concealing of certain themes in the dialogue between peers; simultaneous, sometimes conflicting performances between the roles of psychotherapist and administrator; impasses between the perspective of helping and remuneration, as well as on the presence of technological resources of communication in the psychotherapeutic process. With this study it was possible to contribute to the understanding of psychotherapy as a work activity and with resources that can improve formative, evaluative and dialogue strengthening strategies in the professional category of psychologists. Based on the method, it was also possible to contribute to the discussion on theoretical and methodological aspects in the field of work psychology, especially in the Activity Clinic approach.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPsicoterapiapt_BR
dc.subjectPsicoterapeutapt_BR
dc.subjectAnálise do trabalhopt_BR
dc.subjectPsicologia clínicapt_BR
dc.subjectClínica da atividadept_BR
dc.subjectPsicologia do trabalhopt_BR
dc.titleA psicoterapia como atividade de trabalho no Brasilpt_BR
dc.title.alternativePsychotherapy as a work activity in Brazilpt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
dc.publisher.programPROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIApt_BR
dc.contributor.authorID84883553191pt_BR
dc.contributor.advisorID19653930478pt_BR
dc.contributor.referees1Melo, Symone Fernandes de-
dc.contributor.referees1ID73765562491pt_BR
dc.contributor.referees2Silva, Cláudia Osório da-
dc.contributor.referees2ID38205076715pt_BR
dc.description.resumoO campo das psicoterapias se constituiu a partir de suas raízes históricas xamânicas, de processos de cientificização e institucionalização, conquistando validade, diversificação, ampliação e consolidação social, como prática clínica que pode ser exercida por diversos profissionais, inclusive psicólogos. No Brasil, essa atuação profissional, por vezes, é a representação social que se tem do psicólogo ou da psicologia. Todavia, tal campo se apresenta fragmentado e divergente em suas perspectivas, persistindo a necessidade de se aprofundar discussões relacionadas à problemáticas para além de suas fragmentações. Diante disso, o objetivo dessa pesquisa foi compreender e analisar, a partir dos próprios psicólogos psicoterapeutas, sua atividade de trabalho, abrindo espaço para reflexão e possibilidades de sua transformação. Adotou-se o método clínico de análise da atividade, circunscrito na psicologia do trabalho, utilizando uma sequência de entrevistas articuladas. Participaram da pesquisa três psicólogas psicoterapeutas, filiadas a abordagens teóricometodológicas distintas e possuindo tempos de experiência profissional diversificados. Os resultados apresentaram uma caracterização do ofício de psicoterapeuta. Constataram-se diversos aspectos em comum sobre o trabalho, apontando na direção da existência de um gênero profissional de psicólogos psicoterapeutas autônomos para além da fragmentação em abordagens. Observou-se diversas problemáticas no campo profissional, tais como: velamento de temáticas no diálogo entre os pares; desempenho simultâneo, por vezes conflituoso, entre o papel de psicoterapeuta e administradora; impasses entre a perspectiva de ajudar e a remuneração, bem como sobre a presença de recursos tecnológicos de comunicação no processo psicoterapêutico. Com esse estudo foi possível contribuir para a compreensão da psicoterapia como atividade de trabalho e com subsídios que possam melhorar estratégias formativas, avaliativas e de fortalecimento do diálogo na categoria profissional de psicólogos. A partir do método realizado, também foi possível contribuir para a discussão sobre aspectos teórico-metodológicos e suas possibilidades no campo da psicologia do trabalho, notadamente na abordagem Clínica da Atividade.pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIApt_BR
Appears in Collections:PPGPSI - Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JulianaMoreiraDaSilvaAndrade_DISSERT.pdf2.66 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.