Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26390
Título: Uma metodologia estatística para análise do instrumento de avaliação do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB)
Autor(es): Souza, Gustavo Fontoura de
Palavras-chave: PMAQ-AB;Dados ausentes;Qualificação de instrumento;Validação;Teoria de resposta ao item
Data do documento: 17-Ago-2018
Referência: SOUZA, Gustavo Fontoura de. Uma metodologia estatística para análise do instrumento de avaliação do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB). 2018. 83f. Tese (Doutorado em Engenharia Elétrica e de Computação) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Resumo: O Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) é um programa do Ministério da saúde que visa à melhoria da qualidade na Atenção Básica na Saúde. A terceira fase do Programa consiste na avaliação externa, que é um conjunto de ações que visa averiguar as condições de acesso e de qualidade da Atenção Básica das equipes participantes do programa. Esta fase apresenta um extenso questionário que versa sobre diversas dimensões da Atenção Básica. Este trabalho propõe-se a, utilizando-se de metodologias estatísticas, analisar o instrumento de avaliação indicando fragilidades e propondo melhorias ao mesmo. A primeira abordagem diz respeito ao excesso de dados faltantes que são tratados através de um indicador construído para fornecer um ponto de corte de dados faltantes maximizando a quantidade de informação mantida. Já a segunda abordagem procura validar o conjunto de itens (questões) que apresentam um único constructo, para isso foi utilizada a Teoria de Resposta ao Item (TRI) visando identificar os itens que apresentam baixa discriminação para, se for o caso, ser reformulado ou eliminado do questionário. Essa técnica foi aplicada a um conjunto de 57 variáveis presentes no instrumento do PMAQ-AB e os resultados mostram que 27 precisam ser revistas, reformuladas ou até eliminadas do instrumento em função da baixa discriminação.
Abstract: The National Program for the Improvement of Access and Quality of Primary Care (PMAQ-AB) is a program of the Ministry of Health aimed at improving access and quality in Primary Health Care. The third step of the Program is the external evaluation. It is a set of actions that verifies the conditions of access and quality of the Primary Care of the teams participating in the program. This phase presents an extensive questionnaire that deals with several dimensions of Primary Care. This work proposes, based on statistical methodologies, to analyze the evaluation (questionnaires) instrument indicating weaknesses and proposing improvements. The first approach is concerned with the excess of missing data that is handled through an indicator constructed to provide a cutoff point of missing data maximizing the amount of information maintained. The second approach seeks to validate the set of items (questions) that present a single construct, for which the Item Response Theory (IRT) is used to identify the items that present low discrimination in order to, if necessary, be reformulated or removed from the questionnaire. This Technique was used in a group formed by 57 variables from PMAQ-AB and results show 27 variables need to be reviewed, reformulated or even eliminated from the instrument due to their low discrimination.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26390
Aparece nas coleções:PPGEE - Doutorado em Engenharia Elétrica e de Computação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Metodologiaestatísticaanálise _Souza_2018.pdf739,66 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.