Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26564
Título: Acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico mobilidade física prejudicada em pacientes submetidos a procedimentos cardiovasculares invasivos
Título(s) alternativo(s): Accuracy of clinical indicators of nursing diagnosis imparied physical mobility in patients submitted to invasive cardiovascular procedures
Autor(es): Nelson, Ana Raquel Cortês
Palavras-chave: Enfermagem;Diagnóstico de enfermagem;Limitação da mobilidade;Cirurgia torácica
Data do documento: 14-Dez-2018
Referência: NELSON, Ana Raquel Cortês. Acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico mobilidade física prejudicada em pacientes submetidos a procedimentos cardiovasculares invasivos. 2018. 62f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Resumo: Objetivou-se analisar a acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico de enfermagem Mobilidade Física Prejudicada em pacientes submetidos a procedimentos cardiovasculares invasivos. Trata-se de um estudo de acurácia diagnóstica, desenvolvido na clínica cirúrgica de um Hospital Universitário do Rio Grande do Norte, com amostra de 140 pacientes, maiores de 18 anos, no pós-operatório de procedimentos cardiovasculares invasivos, a partir de um instrumento elaborado de acordo com os indicadores clínicos do diagnóstico Mobilidade Física Prejudicada, baseados na NANDA Internacional. Medidas de acurácia diagnóstica foram calculadas, a partir de modelos de classe latente ajustados com a aplicação de efeitos randômicos. Os resultados apontaram predominância do sexo masculino, com idade média de 59 anos, histórico de tabagismo e portadores de comorbidades crônicas associadas, como hipertensão e diabetes. Houve prevalência de 55,45% do diagnóstico Mobilidade Física Prejudicada, sendo os indicadores clínicos que melhor predizem o diagnóstico, com maior sensibilidade para este, a redução nas atividades motoras grossas, dificuldade para virar-se e redução na amplitude de movimentos, e com maior especificidade: tremor induzido pelo movimento e tempo de resposta prolongado.Verificou-se que indivíduos submetidos a cirurgias cardíacas de grande porte possuem 100 vezes mais chances de ter Mobilidade Física Prejudicada. As evidências geradas por esse estudo contribuíram para o conhecimento do diagnóstico entre os pacientes em pós-operatório por condições cardiovasculares. Constatouse, portanto, a necessidade de cuidados de enfermagem direcionados aos pacientes que se submetem a procedimentos cardiovasculares invasivos, possibilitando o indivíduo retornar ao seu estado de independência. Esses achados podem auxiliar na maior confiabilidade nas avaliações clínicas do enfermeiro, fator importante para a enfermagem em seus diversos contextos, inclusive na consolidação e reconhecimento de sua prática baseada nas necessidades do paciente.
Abstract: The objective of this study was to analyze the accuracy of the clinical indicators of the diagnosis of Physical Impaired Physical Impairment in patients undergoing invasive cardiovascular procedures. This is a diagnostic accuracy study, developed in the surgical clinic of a University Hospital of Rio Grande do Norte, with a sample of 140 patients, over 18 years of age, in the postoperative period of invasive cardiovascular procedures, using an elaborate instrument according to the clinical indicators of Physical Impairment, based on NANDA International. Measures of diagnostic accuracy were calculated from latent class models adjusted with the application of random effects. The results showed a predominance of males, with a mean age of 59 years, smoking history and associated chronic comorbidities such as hypertension and diabetes. There was a prevalence of 55.45% of the Impaired Physical Mobility diagnosis, with the clinical indicators that best predict the diagnosis, with greater sensitivity to this, a reduction in gross motor activities, difficulty in turning and a reduction in the range of movements, and greater specificity: Movement-induced tremor and prolonged response time. It was verified that individuals undergoing large cardiac surgeries are 100 times more likely to have Impaired Physical Mobility. The evidence generated by this study contributed to the knowledge of the diagnosis among patients in the postoperative period due to cardiovascular conditions. Therefore, the need for nursing care aimed at patients who undergo invasive cardiovascular procedures, which enable the individual to return to his or her independence status, was contacted. These findings can help in the greater reliability in the clinical evaluations of the nurse, an important factor for the nursing in its diverse contexts, including in the consolidation and recognition of its practice based on the needs of the patient.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26564
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Acuráciaindicadoresclínicos_Nelson_2018.pdf920,79 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.