Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26701
Title: Efeito da membrana quitosana com complexo de Zinco-vanilina no tratamento de lesões cutâneas em ratos diabéticos
Authors: Tavares, Emanuella de Aragão
Keywords: Diabetes;Lesões cutâneas;Cicatrização de feridas;Zinco;Membrana de quitosana
Issue Date: 15-Oct-2018
Citation: TAVARES, Emanuella de Aragão. Efeito da membrana quitosana com complexo de Zinco-vanilina no tratamento de lesões cutâneas em ratos diabéticos. 2018. 59f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: O tratamento de feridas crônicas ainda é considerado um problema de saúde pública, quando afeta grupos de riscos como diabéticos e torna-se um grande desafio clínico. Neste trabalho, avaliamos os efeitos cicatrizantes de um novo complexo de zinco associado a uma membrana de quitosana, testado em feridas cutâneas de ratos diabéticos. Ratos do tipo Wistar foram submetidos a indução do diabetes com estreptozotocina 40 mg/kg (i.v.). No sétimo dia após a indução diabética, foi realizada uma excisão circular na pele (1,0 cm) com punch. As lesões foram tratadas com a membrana de quitosana pura e com a membrana associada ao complexo de Zinco-vanilina (CS-ZPV1 e CS-ZPV2) em duas concentrações 7.36 x 10-7 mol cm-2 e 1.22 x 10-6 mol cm-2 , respectivamente. As amostras foram submetidas à análise macroscópica, histopatológica, dosagens de citocinas (TNF-α, IL-1β e IL-10) e reações em cadeia de polimerase de transcriptase reversa (RtPCR) (TGFβ e VEGF). As análises realizadas demonstraram reepitelização, estímulo angiogênico, deposição de colágeno e expressão de proteínas que auxiliam no processo de cicatrização em proporção significativa nos grupos tratados com a membrana CS-ZPV comparado aos grupos sem tratamento. O tratamento com a CS-ZPV reduziu os níveis de TNF-α, IL-1β e aumentou IL-10, verificou-se também o aumento da expressão gênica de TGFβ e VEGF. Os parâmetros avaliados sugerem que a CSZPV nas duas concentrações testadas podem ser eficazes no tratamento de feridas crônicas.
Abstract: The treatment of chronic wounds is still considered a public health problem, when it affects groups of risks as diabetics and becomes a great clinical challenge. In this work, we evaluated the healing effects of a new zinc complex associated with a chitosan membrane, tested in cutaneous wounds of diabetic rats. Wistar rats were submitted to induction of diabetes with streptozotocin 40 mg / kg (i.v.). On the seventh day after diabetic induction, a circular skin excision (1.0 cm) with punch was performed. The lesions were treated with the pure chitosan membrane and with the membrane associated with the Zinc-vanillin complex (CS-ZPV1 and CS-ZPV2) at two concentrations, 7.36 x 10-7 mol cm-2 and 1.22 x 10-6 mol cm -2, respectively. The samples were submitted to macroscopic, histopathological, cytokine (TNFα, IL-1β and IL-10) and reverse transcriptase polymerase chain reaction (RtPCR) (TGFβ and VEGF) assays. The analysis revealed reepithelialization, angiogenic stimulation, collagen deposition and expression of proteins that aid in the healing process in a significant proportion in the groups treated with the CS-ZPV membrane compared to the groups without treatment. Treatment with CS-ZPV reduced the levels of TNF-α, IL-1β and increased IL-10, also increased the gene expression of TGFβ and VEGF. The evaluated parameters suggest that CSZPV in the two concentrations tested may be effective in the treatment of chronic wounds.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26701
Appears in Collections:PPGCB - Mestrado em Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Efeitomembranaquitosana_Tavares_2018.pdf1,32 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.