Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26704
Title: Identidade cigana, projetos de vida e lazer nos circuitos de vaquejada na Paraíba
Authors: Braz, Izabelle Aline Donato
Keywords: Equipe cigana;Vaquejada;Projeto de vida;Identidade;Etnicidade;Lazer
Issue Date: 11-Jul-2018
Citation: BRAZ, Izabelle Aline Donato. Identidade cigana, projetos de vida e lazer nos circuitos de vaquejada na Paraíba. 2018. 143f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Abstract: The objective of this study is to analyze the re-elaboration of the ethnic identity of members of a Roma family residing in the city of Campina Grande / PB. The work revolves around a gypsy team or entitled "gypsy group" that competes in the vaquejada circuits and that is constituted by three gypsies of the family Targino Cavalcanti. The research consisted, in the first instance, of revisiting journalistic material about the family in order to reconstruct the trajectory of Gypsies between the years of 1970 and 1990, more precisely in the event described and described as "war or gypsy saga." Accessed reports published several stereotypical images about this family, which have repercussed until nowadays in the silences and avoidances by the non-gypsies and the cover-up in some situations by that gypsy family. In a second moment, the research sought to understand the insertion of the Targino Cavalcanti gypsies in the vaquejada circuit and to describe the elaborations and concretizations of life projects from leisure, consumption and relationship with animals. Finally, the objective was to understand some questions concerning interethnic relations between Roma and non-Roma, exposing the representations of non-Roma towards Roma. Through this, it was possible to perceive a distinct form of being gypsy in front of the other gypsies located in the interior of the Paraíba. Based on these questions, we recover some anthropological approaches such as identity, ethnicity, relationship with animals, leisure, consumption and life projects.
Portuguese Abstract: O trabalho tem como objetivo analisar a reelaboração da identidade étnica de membros de uma família cigana que residem na cidade de Campina Grande/PB. O trabalho gira em torno de uma equipe cigana ou intitulada como “equipe cigana” que compete nos circuitos de vaquejada e que é constituída por três ciganos da família Targino Cavalcanti. A pesquisa consistiu, num primeiro momento, na revisitação de material jornalístico sobre a referida família, no intuito de reconstruir a trajetória dos ciganos entre os anos de 1970 e 1990, mais precisamente no evento descrito e narrado como “guerra ou saga cigana”. As reportagens acessadas publicizaram diversas imagens estereotipadas acerca dessa família, as quais repercutem até os dias atuais nos silêncios e evitações por parte dos não ciganos e do encobrimento em algumas situações por parte dessa família cigana. Em um segundo momento, a pesquisa procurou compreender a inserção dos ciganos Targino Cavalcanti no circuito de vaquejada e descrever as elaborações e concretizações de projetos de vida a partir do lazer, do consumo e da relação com os animais. Ainda procuramos entender algumas questões referentes às relações interétnicas entre ciganos e não ciganos, expondo as representações dos não ciganos em relação aos ciganos. Através disso, foi possível perceber uma forma distinta de ser cigano frente aos demais ciganos localizados no sertão da Paraíba. Com base nessas questões, recuperamos algumas abordagens antropológicas como a identidade, a etnicidade, a relação com os animais, o lazer, o consumo e os projetos de vida.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26704
Appears in Collections:PPGAS - Mestrado em Antropologia Social

Files in This Item:
File SizeFormat 
Identidadeciganaprojetos_Braz_2018.pdf4,39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.