Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/12215
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAñez, Miguel Eduardo Morenopt_BR
dc.contributor.authorSantos, Leane Mota Araújo dospt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T13:53:35Z-
dc.date.available2007-07-10pt_BR
dc.date.available2014-12-17T13:53:35Z-
dc.date.issued2006-07-28pt_BR
dc.identifier.citationSANTOS, Leane Mota Araújo dos. Structure of non governmental organizations: adaptation to the social project or to the institutional pressures?. 2006. 150 f. Dissertação (Mestrado em Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12215-
dc.description.abstractThis is a study concerning in the structure of non governmental organizations, based on the institutional theory. It aims to understand the relation among structure, social projects and environmental influences, analyzing if there is coherence with project social or expresses adaptation to the institutional pressures of the environment. It introduces as theoretical support for the themes, studies about institutional theory and social structure. The research is descriptive and exploratory; it also applies to a study of case, based on the technical procedures. From the research universe, that was compound by non governmental organizations from Natal, RN, Brasil, it was chosen the Casa Renascer, a non governmental organization that works with the combat to the violence and sexual exploration of children and teenagers. The data collection process employed includes documental research, observations and semi structured research devices, guided by the organizational process proposed by Serva (1996) and by the institutional theory. The collected data were qualitatively treated. The analysis was divided into three parts, following the research matters. The social project characterization demonstrated that the organization went by three main phases. The first one, characterized by focus in women and girls education and health; the second shows the emphasis on girls in social risk situation, with preventive approach; and the last one, characterized by victims assistance of violence and sexual exploration. From the analysis using the institutional theory mechanisms, the results showed that exists coherence between structure and environmental influences, but a weak coherence between structure and social projects. It indicates as main determinant of the structure, an aspect forgotten by the institutional theory, the power. It was observed the presence from normative, coercive and mimetic mechanisms, highlighting normative influenceseng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectOrganizações não governamentaispor
dc.subjectEstruturapor
dc.subjectTeoria institucionalpor
dc.subjectInfluências ambientaispor
dc.subjectNon governmental organizationseng
dc.subjectStructureeng
dc.subjectInstitutional theoryeng
dc.subjectEnvironmental influenceseng
dc.titleEstrutura de organizações sociais: adaptação aos projetos sociais ou às pressões institucionais?por
dc.title.alternativeStructure of non governmental organizations: adaptation to the social project or to the institutional pressures?eng
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Administraçãopor
dc.contributor.authorIDpor
dc.contributor.advisorIDpor
dc.contributor.advisorLatteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4789466Z5por
dc.contributor.advisor-co1Lopes, Fernando Diaspt_BR
dc.contributor.advisor-co1IDpor
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4701722H7por
dc.contributor.referees1Carvalho, Cristina Amélia Pereirapt_BR
dc.contributor.referees1IDpor
dc.contributor.referees1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4727319A1por
dc.description.resumoEste é um estudo a respeito da estrutura de organizações não governamentais, a partir de uma análise da perspectiva institucional de estudos organizacionais. Tem como objetivo analisar se a estrutura de uma organização social apresenta coerência com seu projeto social ou se expressa adaptação às pressões institucionais do ambiente organizacional. Como suporte teórico, foram utilizados os pressupostos da teoria institucional de estudos organizacionais e estudos sobre a estrutura social das organizações. Para atingir os objetivos, foi realizada uma pesquisa do tipo descritiva e exploratória, utilizando como método o estudo de caso, com base nos procedimentos técnicos utilizados. Foi escolhido como objeto de estudo a Casa Renascer, uma OSCIP (Organização da sociedade civil de interesse público) que trabalha no enfrentamento à violência e exploração sexual infanto-juvenil. A coleta de dados foi realizada através da utilização das técnicas de pesquisa documental, observação e entrevista semi estruturada, orientadas pelos processos organizacionais propostos por Serva (1996) e pela teoria institucional. Foi realizada uma análise qualitativa dos dados coletados. A apresentação dos dados analisados está dividida em três partes, de acordo com os objetivos específicos estabelecidos para a pesquisa. A caracterização do projeto social demonstrou a existência de três fases principais: a primeira caracterizada pelo trabalho com meninas e mulheres, com foco em educação e saúde; a segunda com meninas em situação de risco social, com ênfase na prevenção e terceira com o atendimento a vítimas de violência e exploração sexual. A partir da caracterização dos processos organizacionais e da análise frente aos mecanismos isomórficos propostos pela da teoria institucional, os resultados demonstraram haver coerência entre estrutura e influências ambientais, e pouca coerência entre estrutura e projetos sociais, indicando como principal determinante da estrutura um aspecto pouco abordado pela teoria institucional, o poder. Dentre os mecanismos que mais influenciaram as mudanças estruturais na organização, o mecanismo normativo foi destacado, mas também foi verificada a presença de mecanismos coercitivos e miméticospor
dc.publisher.departmentPolíticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacionalpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAOpor
Appears in Collections:PPGA - Mestrado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstruturaOrganizacoesSociais_Santos_2006.pdf461,5 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.