Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/12307
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSantos, Pedro Antônio de Limapt_BR
dc.contributor.authorBorba, Adriana Carla de Azevedopt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T13:56:52Z-
dc.date.available2014-12-12pt_BR
dc.date.available2014-12-17T13:56:52Z-
dc.date.issued2008-05-30pt_BR
dc.identifier.citationBORBA, Adriana Carla de Azevedo. Meio ambiente e planejamento: a relação cidade-natureza nos Planos Urbanísticos da cidade de Natal no século XX. 2008. 161 f. Dissertação (Mestrado em Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12307-
dc.description.abstractThis research studies the relation between city and nature in the urbanity s plans from Natal RN, Brazil, during the 20th century. Investigates and analyses the main documents that bring environmental s ideas inside from the urbanity s plans of Natal; gives the historical and economical situation from the city in each period studied; features the urbanity s plans, using categories of analyses to comprehension of this instruments. Try to contribute in the bigger process of historical rescue of Natal, and stimulates new studies. It was used documental s research, and bibliographic material. It was identified four (04) kinds of plans: the ones that focus in health and aesthetic (1901, 1929, 1935) technology and science (1968), zoning and control (1974, 1984) and environment. The hints founded shows that environmental ideas were put inside of the plans by government demands, especially in 1994 s plan, almost always without popular contribution and without this population get understands its meanings and implicationseng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectPlanejamento Urbanopor
dc.subjectUrbanizaçãopor
dc.subjectUrbanismopor
dc.subjectMeio Ambientepor
dc.subjectPlanningeng
dc.subjectUrbanityeng
dc.subjectUrbanismeng
dc.subjectEnvironmenteng
dc.titleMeio ambiente e planejamento: a relação cidade-natureza nos Planos Urbanísticos da cidade de Natal no século XXpor
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismopor
dc.contributor.authorIDpor
dc.contributor.advisorIDpor
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5531511639761946por
dc.contributor.referees1Valéry, Françoise Dominiquept_BR
dc.contributor.referees1IDpor
dc.contributor.referees1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783095E6por
dc.contributor.referees2Nunes, Eliaspt_BR
dc.contributor.referees2IDpor
dc.contributor.referees2Latteshttp://lattes.cnpq.br/8446822254263130por
dc.contributor.referees3Sousa, Alberto José dept_BR
dc.contributor.referees3IDpor
dc.contributor.referees3Latteshttp://lattes.cnpq.br/1745324025676341por
dc.description.resumoTrata do estudo acerca da relação cidade - natureza nos Planos Urbanísticos da cidade de Natal no século XX, no qual se buscou identificar e analisar os principais documentos que inserem as idéias ambientais dentro dos planos urbanísticos citadinos; contextualizar política e economicamente o cenário em que acontecem as modificações em cada plano estudado; e caracterizar os planos urbanísticos e diretores de Natal, elaborando categorias de análise de tais instrumentos. Procura-se com este estudo contribuir no processo maior de resgate da história de Natal: dada à carência dos registros históricos, espera-se com este trabalho, estimular também outros nichos de pesquisa que auxiliem numa maior compreensão acerca dos processos de transformação da cidade. Além disto, propõe-se a servir como um instrumento para orientar a elaboração de futuros planos urbanísticos da cidade, especificamente no que se refere às questões ambientais. O estudo pautou-se em pesquisa documental (sobretudo os planos urbanísticos e diretores objetos de estudo) e bibliográfica (periódicos, artigos da internet e livros). Verificaram-se quatro tipologias de planos: os que possuem mais destaque na saúde e estética (1901, 1929, 1935); técnica e ciência (1968); zoneamento e controle (1974 e 1984) e meio ambiente (1994 e 1999). Os indícios encontrados apontam para a inserção de idéias ambientais por exigência governamental, notadamente no plano de 1994, e em geral com pouca ou nenhuma participação popular e sem que a mesma apreendesse seus significados e implicaçõespor
dc.publisher.departmentConforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitaçãopor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMOpor
Appears in Collections:PPGAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MeioAmbientePlanejamento_Borba_2008.pdf438,18 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.