Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/13398
Title: Medidas de parâmetros morfológicos e funcionais do Coração em brasileiros: um subestudo do primeiro registro multicêntricos latino-americano em ressonância magnética cardiáca
Authors: Macedo Filho, Robson de
Keywords: Ressonância Magnética Cardíaca. Ventrículos Cardíacos. Função Cardíaca;Cardiac Magnetic Resonance. Cardiac Ventricules. Cardiac Function
Issue Date: 6-May-2013
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MACEDO FILHO, Robson de. Medidas de parâmetros morfológicos e funcionais do Coração em brasileiros: um subestudo do primeiro registro multicêntricos latino-americano em ressonância magnética cardiáca. 2013. 56 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Portuguese Abstract: Não há dados nacionais sobre medidas cardíacas obtidas por Ressonância Magnética Cardíaca (RMc). Esse trabalho multidisciplinar teve como objetivo obter medidas do diâmetro diastólico (Dd), diâmetro sistólico (Ds), volume diastólico final (VdF), volume sistólico final (VsF), fração de ejeção (FE) e da massa miocárdica dos ventrículos esquerdo (VE) e direito (VD) em brasileiros. Cento e sete (107) indivíduos, 54 homens e 53 mulheres, com idade média de 43,4 ± 13,1 anos, assintomáticos e sem cardiopatias, foram submetidos à RMc, utilizando técnica de precessão livre em estado de equilíbrio. As médias e os desvios padrões dos parâmetros do VE e VD foram respectivamente: Dd VE = 4,8 ± 0,5 cm; Ds VE = 3,0 ± 0,6 cm; VdF VE = 128,4 ± 29,6 ml; VsF VE = 45,2 ± 16,6 ml; FEVE = 65,5 ± 6,3%; massa do VE = 95,2 ± 30,8 g; Dd VD = 3,9 ± 1,3 cm; Ds VD = 2,5 ± 0,5cm; VdF VD = 126,5 ± 30,7 ml; VsF VD = 53,6 ± 18,4 ml; FEVD = 58,3 ± 8,0% e massa do VD = 26,1 ± 6,1 g. As massas e volumes foram significativamente maiores nos homens, exceto para o VsF do VE. A fração de ejeção do VD foi significativamente maior nas mulheres. Houve correlação significativa e inversa do Vs do VD com o aumento da idade, sendo mais significativo nos homens. Esse estudo descreve, pela primeira vez, medidas cardíacas obtidas pela RMc em brasileiros, as quais revelam diferenças de acordo com o sexo e a idade
Abstract: There is no data about cardiac measurements em Brazilians obtained by CMR. This a muldisciplinary study with the objective of obtaining measurements of the left ventricle (LV) and right ventricle (RV) diastolic diameter (Dd), systolic diameter (Ds), diastolic volume (Dv), systolic volume (Sv), ejection fraction (EF) and myocardial mass in Brazilians. One hundred and seven (54 men and 53 women, mean age of 43.4 ± 13.1 years) asymptomatic individuals without heart disease were submitted to cardiac magnetic resonance (cMR) studies using steady state free precession technique. The means and standard deviations of the parameters of the LV and RV were respectively: LVDD = 4,8 ± 0,5 cm; LVSD = 3,0±0,6 cm; LVDV = 128,4±29,6 ml; LVSV = 45,2±16,6 ml; LVEF = 65,5±6,3%; LV mass = 95,2±30,8.1 g; RVDD = 3,9±1,3 cm; RVSD = 2,5±0,5 cm; RVDV = 126,5±30,7 ml; RVSV = 53.6±18,4 ml; RVEF = 58.3±8,0.0% and RV mass = 26,1±6,1 g. The masses and volumes were significantly higher in men, except for the LVSV. The RV EF was significantly higher in women. There was inverse correlation between RV systolic volume and with age, being more significant in men. This study describes for the first time benchmarks for cardiac measurements obtained by CMR among asymptomatic Brazilians individuals without heart disease and demonstrated differences according to sex and age
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13398
Appears in Collections:PPGCSA - Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MedidasParâmetrosMorfológicos_MacedoFilho_2013.pdf1,59 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.