Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/13708
Title: "Antes que eu esqueça : trajetórias, laços e memórias produzidas por sujeitos da terceira idade na interação em territórios de sociabilidades
Authors: Silva, Maria do Socorro da
Keywords: Velhice;Terceira idade;Sociabilidade;Old age;Seniors;Sociability
Issue Date: 28-Jun-2013
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Maria do Socorro da. "Antes que eu esqueça : trajetórias, laços e memórias produzidas por sujeitos da terceira idade na interação em territórios de sociabilidades. 2013. 120 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Portuguese Abstract: Atualmente o número de idosos no mundo e no Brasil está crescendo cada vez mais. No entanto, a velhice ainda se apresenta como um tema complexo que necessita de mais aprofundamento. É de extrema relevância que a sociedade crie um discurso empenhado em rever os estereótipos negativos da velhice além de estudos que permitam a construção de novos olhares inclusivos, como também a criação de políticas públicas que favoreçam a categoria idosa, a exemplo da Política Nacional e do Estatuto do Idoso instituídos recentemente. O objetivo desse estudo é analisar os espaços de sociabilidades para os idosos de Mossoró e entender como as vivências nestes ambientes coletivos os condicionam a uma qualidade de vida e os influenciam nas suas representações de sujeitos da terceira idade. Para colheita dos dados foram feitas observações, entrevistas semiestruturadas e rodas de conversas com homens e mulheres na faixa etária dos 65 a 80 anos, aposentados, em sua maioria viúvos, moradores do bairro Abolição em Mossoró, participantes do (CCI) Centro de Convivência para Idosos Jose Sarney e do (CRAS) Centro de Referência e Assistência Social. Assim, os espaços voltados para os idosos se apresentam como uma boa alternativa para a ressocialização, a diversão e preservação de suas memórias, ao mesmo tempo em que os colocam como agentes produtivos, atuantes e transformadores de sua realidade
Abstract: Currently the number of elderly in the world and Brazil is growing increasingly. However, old age is still presented as a complex issue that needs more depth. It is extremely important that society should create a discourse committed to reviewing negative stereotypes of old age as well as studies that allow the construction of new looks inclusive , as well as the creation of public policies that favor the elderly category, such as the National Policy and Elderly Statute established recently. The aim of this study is to analyze the spaces of sociability for the elderly Mossley and understand how the collective experiences in these environments influence the quality of life and influence in their depictions of the elderly subjects. To collect data observations were made, semi-structured interviews and wheels conversations with men and women aged 65 to 80 years old, retired, mostly widows, neighborhood residents Abolition in Mossley, participants (CCI) Coexistence Center Seniors Jose Sarney and (CRAS) Reference Center and Welfare. Thus, the spaces facing the elderly are presented as a good alternative for the rehabilitation, the fun and preserve their memories, while the agents posing as productive, active, and transformers of their reality
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13708
Appears in Collections:PPGCS - Mestrado em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AntesQueEuEsqueça_Silva_2013.pdf2,5 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.