Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/14036
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorPaterno, Gustavo Brant de Carvalhopt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T14:33:08Z-
dc.date.available2013-04-22pt_BR
dc.date.available2014-12-17T14:33:08Z-
dc.date.issued2013-02-08pt_BR
dc.identifier.citationPATERNO, Gustavo Brant de Carvalho. O papel de interações positivas entre plantas na regeneração de áreas degradadas na caatinga. 2013. 95 f. Dissertação (Mestrado em Bioecologia Aquática) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14036-
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectRestauração ecológica. Facilitação. Desertificação. Sucessão ecológica. Diversidade. Comunidadespor
dc.titleO papel de interações positivas entre plantas na regeneração de áreas degradadas na caatingapor
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ecologiapor
dc.contributor.authorIDpor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3661227833522004por
dc.contributor.advisorIDpor
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3024078007563102por
dc.contributor.referees1Souza, Alexandre Fadigas dept_BR
dc.contributor.referees1IDpor
dc.contributor.referees1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7844758818522706por
dc.contributor.referees2Castanho, Camila de Toledopt_BR
dc.contributor.referees2IDpor
dc.contributor.referees2Latteshttp://lattes.cnpq.br/6667369800261150por
dc.description.resumoInterações entre plantas são forças ecológicas importantes na estruturação e composição de comunidades vegetais e podem servir como base teórica para a restauração de áreas degradadas. O presente estudo é dividido em dois experimentos distintos. No primeiro, buscou-se entender: (i) se espécies pioneiras de áreas degradadas da Caatinga facilitam a germinação e o estabelecimento de espécies alvo para a restauração; (ii) se as interações entre plantas facilitadoras e facilitadas são espécie-específicas e se a ontogenia das plantas facilitadas afeta a direção e a intensidade dessas interações. Em uma área de Caatinga degradada no vale do São Francisco, Petrolina PE, vinte cinco sementes e quatro mudas de cinco espécies alvo foram alocadas em plots pareados, com 8 réplicas cada, em baixo e fora da copa de três espécies pioneiras. A riqueza e a abundância de espécies lenhosas estabelecidas nos mesmos plots também foi amostrada. As espécies facilitadoras afetaram positivamente a diversidade e a composição de espécies da comunidade regenerante. Além disso, aumentaram a probabilidade de germinação e estabelecimento das espécies alvo. Dependendo do estágio ontogenético das espécies alvo as interações mudaram de espécie-específicas para não específicas. No segundo experimento, buscou-se entender como o tamanho da facilitadora e a variação na precipitação influencia as interações de facilitação. Em Macau-RN, 45 indivíduos de M. tenuiflora, com um gradiente de tamanhos, foram selecionados em uma área degradada. Um experimento fatorial em blocos foi implementado com 25 sementes de P. pyramidalis semeadas em plots pareados em todas as combinações dos fatores água e copa. M. tenuiflora e água afetaram positivamente a germinação, o estabelecimento e a sobrevivência de P. Pyramidalis. A espécie facilitadora também afetou positivamente as condições microclimáticas do solo e do ar. A intensidade da facilitação dependeu da interação entre estágio ontogenético, água e tamanho da facilitadorapor
dc.publisher.departmentBioecologia Aquáticapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIApor
Appears in Collections:PPGE - Mestrado em Ecologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PapelInteraçõesPositivas_Paterno_2013.pdf12,22 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.