Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/14263
Title: A cultura da produção de farinha: um estudo da matemática nos saberes dessa tradição
Authors: Damasceno, Alexandre Vinícius Campos
Keywords: Educação Matemática;Etnomatemática;Cultura;Education Mathematical;Ethnomathematic;Culture
Issue Date: 17-Dec-2004
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: DAMASCENO, Alexandre Vinícius Campos. A cultura da produção de farinha: um estudo da matemática nos saberes dessa tradição. 2004. 155 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2004.
Portuguese Abstract: A presente pesquisa discute sobre os saberes matemáticos construídos na tradição da produção da farinha de mandioca, buscando analisar esses saberes matemáticos sobre a perspectiva das categorias do tempo e medida, construídos e praticados na produção de farinha, localizados nos Municípios da Serra do Navio e Calçoene, no Estado do Amapá/Brasil. O seguinte trabalho faz um apanhado na identificação e na descrição da matemática durante as atividades de produção da farinha e que nessas etapas estão presentes elementos relacionados à geração e a transmissão de um saber tradicional, condicionantes básico para manutenção da tradição da farinha, caracterizando a pesquisa como um estudo de etnomatemática. Os procedimentos metodológicos destacam base das técnicas etnográficas e de elementos que caracterizam a observação participante. Os resultados obtidos nos mostraram que os trabalhadores de farinha articulam algumas medidas de comprimento, de área e de volume em decorrência de sistemas próprios e tradicionalmente adquiridos, como também o tempo, apreendidos e referendados por outro tipo de sistema culturalmente estabelecido, deste modo relativizando os sistemas de medidas e calendários oficiais. Levantando como uma das principais propostas que a matemática acadêmica e os saberes da tradição estabelecem uma conjunção desses conhecimentos, importantes para uma possível reflexão e aplicação na construção de uma prática pedagógica em educação matemática, procurando estabelecer pontos de cunho sócio-econômico e cultural
Abstract: This research argues about the mathematical knowledge built in the tradition of the cassava flour production, seeking to analyse these mathematical knowledge in the perspective of the categories of time and measure, built and practiced in the flour production, located in Serra do Navio and Calçoene, in Amapá - Brazil. The following work discuss the identification and the description of the mathematics during the production activities of the flour, where is presented elements related to generation and transmission of the traditional knowledge, which is the basis for maintenance of the tradition of the flour, characterizing the research as an Ethnomathematic study. The methodological procedures highlight ethnographical techniques and elements that characterize the participating observation. The results obtained showed us that the flour workers articulate some length, area and volume measure due to own and traditionally acquired systems, which is apprehended and countersigned by other kind of culturally established system; thus they relativism the measures systems and the official calendars. And it lifts as one of the main proposal that the academic mathematics and the tradition establish knowledge make conjunction of the both knowledge, that is important for a possible reflection and application in the construction of a pedagogical practice in mathematical education, trying to establish points of socio-economic and cultural mark
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14263
Appears in Collections:PPGED - Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AlexandreVCD.pdf586 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.