Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/14399
Title: O Curso Normal de 1º Ciclo em Assu/RN (1951-1971)
Authors: Dutra, Maria da Conceição Farias da Silva Gurgel
Keywords: História;Curso normal;Formação;Mulheres-professoras;History;Normal course;Teacher training;Women teachers
Issue Date: 31-Mar-2011
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: DUTRA, Maria da Conceição Farias da Silva Gurgel. O Curso Normal de 1º Ciclo em Assu/RN (1951-1971). 2011. 170 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Portuguese Abstract: A proposta deste estudo é a análise da história do Curso Normal de 1º Ciclo em Assu, Rio Grande do Norte, desde a sua criação pela Lei Estadual n. 621, de 06 de dezembro de 1951, até a sua extinção, com a implementação do Curso de Magistério, pela Lei Federal n. 5.692 de 11 de agosto de 1971. O objetivo é responder como se constituíram o funcionamento e as práticas educativas de tal instituição, formadora de professoras, ao longo de sua existência. Para tanto, são analisados documentos da instituição em destaque, entrevistas, legislações da educação, jornais e livros da época, norteando-se pelos estudos de Chartier (1991), Elias (2001), Certeau (2001), Frago (1995), Magalhães (2005) e Julia (2001). Em se tratando de uma instituição de ensino, a categoria de análise central é a de cultura escolar, a qual subsidiou o recorte das categorias específicas do estudo, a saber: o ingresso no Curso Normal, a colação de grau, a Semana da Normalista em Assu e elementos formativos. O Curso Normal de 1º Ciclo formava professores em nível ginasial, diferenciando-se das escolas de formação docente de 2º Ciclo. Foi fundado em Assu como Curso Normal Regional e denominado de Ginásio Normal em 1961. No recorte temporal pesquisado, formaram-se 279 mulheres e 07 homens como Regentes de Ensino Primário, evidenciando-se como uma escola frequentada, praticamente, pelo sexo feminino. Na narrativa, reconstitui-se a inserção das alunas no Curso Normal, enfocando os processos de matrícula e os Exames de Admissão; os eventos de formatura, permeados de discursos sobre a função social da professora e a festa Semana da Normalista, que valorizava o sentimento de pertença das estudantes em relação à profissão. Por meio de peças de teatro escolar, de práticas formadoras de comportamentos e dos estágios das alunas na escola primária, elementos de formação são recompostos, evidenciando-se o discurso da educação moderna, entremeado com valores da cultura cristã católica para a educação feminina. A recomposição da identidade histórica dessa instituição ora próxima, ora singular, quando confrontada com outras escolas de formação docente, traz uma contribuição para a configuração da história da educação escolar norte-rio-grandense
Abstract: The aim of this research is the analysis of the history of the Normal Course in the 1st period in Assu, Rio Grande do Norte, since its foundation by the state law no. 621, de 06 December 1951 until its demise, with the implementation of the Course of the Magisterium, by Federal Law 5692 from August 11, 1971. The goal is to answer how it was constituted the operation and the educational practices of this institution, teacher trainers, throughout its existence. For this, we analyze the institution's documents in focus interviews, legislation, of the education, newspapers and books of the season, guiding itself by the studies of Chartier (1991), Elias (2001), Certeau (2001), Frago (1995), Magalhães (2005) and Julia (2001). When dealing with an educational institution, the central category of analysis is the school culture, in which supported the cutting of specific categories of study: the entrance into the Normal Course, the conferring of a degree, the "Normalista Week‖ in Assu and formative elements. The Normal Course from 1st cycle formed teachers in a basic level, differing themselves from schools of teacher education of 2nd Cycle. It was founded in Assu as Regional Training Course and called Ginásio Normal in 1961.In the temporal cut studied, 279 women and 07 men were graduated as Regents of Elementary School, demonstrating a school attended virtually by women. In the narrative, it is restored to the inclusion of female students in the Normal Course, focusing on the processes of registration and the admission exams, graduation events, imbued with discourses on the social role of the teacher and the Party Normalista Week, which valued the sense of belonging with of students to the profession. Through theater plays in the school, of practices forming behaviors and stages of female students in elementary school, training elements are reassembled, demonstrating the discourse of modern education intermingled with the Christian Catholic values of the culture for female education. The reconstruction of the historical identity of this institution sometimes close, sometimes unique, when confronted with other schools of teacher training brings a contribution to the setting of the history of schooling in the state of Rio Grande do Norte
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14399
Appears in Collections:PPGED - Doutorado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariaCFSGD_TESE.pdf3.85 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.