Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/14812
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBrito, Rosineide Santana dept_BR
dc.contributor.authorSantos, Danyelle Leonette Araújo dospt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T14:47:04Z-
dc.date.available2014-06-11pt_BR
dc.date.available2014-12-17T14:47:04Z-
dc.date.issued2013-12-13pt_BR
dc.identifier.citationSANTOS, Danyelle Leonette Araújo dos. Trajectory of the induced abortion and male participation in this process. 2013. 167 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14812-
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAborto induzido. Relações entre os gêneros. Saúde públicapor
dc.subjectAbortion. Induced. Interpersonal relations. Public healtheng
dc.titleTrajetória de mulheres e a participação masculina no processo de aborto provocadopor
dc.title.alternativeTrajectory of the induced abortion and male participation in this processeng
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Enfermagempor
dc.contributor.authorIDpor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6003965493764862por
dc.contributor.advisorIDpor
dc.contributor.advisorLatteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4794971P8&dataRevisao=nullpor
dc.contributor.referees1Fonseca, Rosa Maria Godoy Serpa dapt_BR
dc.contributor.referees1IDpor
dc.contributor.referees1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4932807066650389por
dc.contributor.referees2Germano, Raimunda Medeirospt_BR
dc.contributor.referees2IDpor
dc.contributor.referees2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4721938D8por
dc.contributor.referees3Enders, Bertha Cruzpt_BR
dc.contributor.referees3IDpor
dc.contributor.referees3Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4781295D6&dataRevisao=nullpor
dc.description.resumoO aborto voluntário é um fenômeno complexo devido ao estigma social imposto a este ato e às mulheres que o realizam. Por ser a gestação um evento próprio do corpo feminino, este público é visto como único responsável pelas questões reprodutivas, bem como pela interrupção da gravidez, sendo a corresponsabilidade masculina excluída deste contexto. Assim, a pesquisa em apreço objetivou analisar a participação do homem no processo de decisão do aborto provocado e seu significado para a mulher. Deste modo, realizou-se uma pesquisa interpretativa, com abordagem qualitativa, junto a 19 mulheres em situação de aborto, internadas na Maternidade Escola Januário Cicco. Para seleção das participantes, estas deveriam ter idade igual ou superior a 18 anos; admitirem, livremente, a indução do aborto; apresentarem condições emocionais e/ou físicas favoráveis para responder aos questionamentos, isto é, conscientes, sem efeitos de drogas anestésicas, ausência de sangramento abundante e dores. A coleta de dados ocorreu no período de março a agosto de 2013, por meio de entrevista em profundidade. Antecedeu esta etapa a anuência da instituição onde se desenvolveu o estudo, aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com Certificado de Apresentação e Apreciação Ética nº 10332312.9.0000.5537. Ademais, solicitou-se às entrevistadas a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. A análise dos dados ocorreu de acordo com a Teoria Fundamentada nos Dados e o Interacionismo Simbólico. Seguindo as etapas desses referenciais, foram elaboradas três categorias, a saber: Decidindo sobre a interrupção da gravidez ; Envolvendo o parceiro no processo decisório do aborto provocado e Concretizando a prática abortiva . A análise das propriedades e dimensões de tais categorias possibilitou a construção da categoria central Vivenciando a trajetória abortiva . Deste modo, evidenciou-se que os homens participaram do itinerário do aborto. Porém, seu envolvimento aconteceu de forma mais ativa quando havia estabilidade no relacionamento amoroso. Nestes casos, eles envolveram-se buscando informações sobre o referido ato e adquirindo o método abortivo. Em todas as etapas desta trajetória, as mulheres interagiram consigo mesma, o parceiro, a gravidez, o feto e os valores presentes no contexto sociocultural em que vivem. Portanto, conclui-se que os homens participaram da decisão feminina de abortar, mesmo quando se excluíram do processo. Pois, as atitudes deles frente a uma gravidez não planejada e indesejada levaram as participantes a refletirem sobre as dificuldades de criar um filho sem o apoio financeiro e parental do parceiro. Diante disso, entende-se ser relevante que os profissionais de saúde atuantes nos serviços de planejamento familiar, em especial o enfermeiro, ofereçam maior atenção ao público masculino, na tentativa de promover reflexões capazes de conduzi-lo a comportamentos de coparticipação junto à mulher nas questões conceptivas e contraceptivaspor
dc.publisher.departmentAssistência à Saúdepor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEMpor
Appears in Collections:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DanyelleLAS_DISSERT.pdf2,17 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.