Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/14835
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSouza, Paulo Alysson Brilhante Faheina dept_BR
dc.contributor.authorAvelino, Veruska Kelly Gomes Rochapt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T14:48:10Z-
dc.date.available2012-01-25pt_BR
dc.date.available2014-12-17T14:48:10Z-
dc.date.issued2011-06-21pt_BR
dc.identifier.citationAVELINO, Veruska Kelly Gomes Rocha. Estudo do comportamento no estado fresco e endurecido do concreto com incorporação de resíduo de corte de botão. 2011. 111 f. Dissertação (Mestrado em MECÂNICA DAS ESTRUTURAS, ESTRUTURAS DE CONCRETO E ALVENARIA E MATERIAIS E PROCESSOS CONSTRUTIVOS) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14835-
dc.description.abstractThis works aims at investigating the effects of adding waste from RCBP-polyester button manufacturing to Portland cement concrete, particularly regarding its consistency and mechanic strength. The RCBP used came from a button factory located in Parnamirim, RN, Brazil. The waste was added to the concrete on different ratios: 5 %, 10 %, 15 % and 20 % of the total cement mass. A sample of concrete without the RCBP was used as reference, 1:1,33:2,45:0,50. For the mechanic strength test four samples were tested with different ages (3, 7 and 28 days old) and mixtures. Furthermore, a Slump Test was also conducted in order to verify the concrete s consistency. A tendency to a reduction in the compression resistance was noticed for all samples. For the samples with 5 % and 10 %, there was also an increase in the traction resistance during inflexion, regarding the reference concrete. In the microstructural analysis, the RBCP was observed to show an irregular and porous surface, thus explaining the consistency decreaseeng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectConcretopor
dc.subjectResíduo de botãopor
dc.subjectCimento portlandpor
dc.subjectConcreteeng
dc.subjectButton wasteeng
dc.subjectPortland cementeng
dc.titleEstudo do comportamento no estado fresco e endurecido do concreto com incorporação de resíduo de corte de botãopor
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Civilpor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3144760735245919por
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/2173551172181329por
dc.contributor.referees1Silva, Jaquelígia Brito dapt_BR
dc.contributor.referees1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5948828937239319por
dc.contributor.referees2Almeida, Maria das Vitórias Vieira dept_BR
dc.contributor.referees2Latteshttp://lattes.cnpq.br/7590200701773198por
dc.contributor.referees3Dutra, Ricardo Peixoto Suassunapt_BR
dc.contributor.referees3Latteshttp://lattes.cnpq.br/0075804072604913por
dc.description.resumoO presente trabalho objetivou avaliar a influência da incorporação do resíduo de corte de botão em poliéster-RCBP sobre a plasticidade e a resistência mecânica em concreto de cimento Portland. O RCBP utilizado na pesquisa originou-se do material descartado por uma empresa fabricante de botão localizada no município de Parnamirim/RN. Utilizou-se o resíduo, como carga no concreto, nas concentrações de 0 %, 5 %, 10 %, 15 % e 20 %, em relação à massa do cimento. O traço de referência do concreto utilizado na pesquisa apresenta a proporção, em massa, de 1:1,33:2,45:0,50 (cimento:areia:brita:água/cimento). Nos ensaios de resistência à compressão foram testados quatro corpos-de-prova para cada idade (3, 7 e 28 dias) e traço, enquanto que para os ensaios de resistência à tração na flexão foram testados dois corpos-de-prova para cada traço. Além disso, fez-se o Slump Test, com vistas a verificar a consistência do concreto. Observou-se uma tendência de redução da resistência à compressão e abatimento para todos os traços com incorporação do RCBP. Houve um aumento de resistência à tração na flexão para os traços de 5 % e 10 %, em relação ao concreto sem incorporação do resíduo, superando o sugerido pela NBR 6118/2003 que apresenta uma correlação entre resistência à tração e à compressão. Na análise microestrutural, observou-se que o RCBP apresentou uma superfície irregular e porosa, podendo ser o motivo do decréscimo do abatimentopor
dc.publisher.departmentMECÂNICA DAS ESTRUTURAS, ESTRUTURAS DE CONCRETO E ALVENARIA E MATERIAIS E PROCESSOS CONSTRUTIVOSpor
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVILpor
Appears in Collections:PPEC - Mestrado em Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VeruscaKGR_DISSERT.pdf1.52 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.