Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/16940
Title: As orquestras invadem as salas de estar: redefinição dos padrões e espaços para a escuta musical no Rio de Janeiro (1926-1931)
Authors: Emídio, Luiz Felipe Sousa Tavares
Keywords: Música;Indústria fonográfica;Habitação;Sensibilidades;Music;Phonographic industry;Housing;Environmental sensitivities
Issue Date: 31-Aug-2010
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: EMÍDIO, Luiz Felipe Sousa Tavares. As orquestras invadem as salas de estar: redefinição dos padrões e espaços para a escuta musical no Rio de Janeiro (1926-1931). 2010. 113 f. Dissertação (Mestrado em História e Espaços) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Portuguese Abstract: No final do século XIX e início do século XX, uma série de inovações técnicas foram difundidas comercialmente e repercutiram consideravelmente no cotidiano de alguns grupos urbanos brasileiros. Algumas dessas novidades tecnológicas desempenharam um papel importante na difusão em larga escala de obras artísticas que até então tinham um potencial de difusão extremamente restrito. O desenvolvimento de dispositivos capazes de registrar e reproduzir música mecanicamente esteve inserido nessa lógica, ao passo que a popularização de gramofones, fonógrafos, cilindros e discos inauguraram um novo momento para a produção e consumo de música. Sobretudo a partir da inauguração do sistema elétrico de registro e reprodução de sons, esse processo trouxe repercussões relevantes para as sensibilidades auditivas e maneiras de se ouvir música entre algumas camadas da população carioca, além de ter contribuído substancialmente para alterações nos referenciais espaciais desses indivíduos
Abstract: In the late nineteenth and early twentieth century, a series of technical innovations have been commercially and widespread on some urban groups everyday, in Brazil. Some of these technological innovations have played an important role in large-scale distribution of artistic works, which until then had an extremely limited potential for diffusion. Development of devices that can record and play music has been mechanically inserted into this logic, while the gramophones, phonographs, cylinders and discs became popular. By this time a new moment for production and consumption of music had started. Especially since the begging of electrical system for registration and production of sounds, this process bought important meaning to the way some peoples in Rio would leasing and sense music, besides it had contributed substantially to changes in the spatial references of these individuals
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16940
Appears in Collections:PPGH - Mestrado em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LuizFSTE_DISSERT.pdf1.45 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.