Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/16951
Title: (Por) entre pedra e tela: a construção de uma memória republicana (Natal - 1906-1919)
Authors: Paiva, Diego Souza de
Keywords: História e Espaços;Memória republicana;Redes Heterogêneas;Natal/Brasil;Sociologia das Associações.;History and Spaces;Republican memory;heterogeneous networks;Natal/Brasil;Sociology associations.
Issue Date: 5-Sep-2011
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PAIVA, Diego Souza de. (Por) entre pedra e tela: a construção de uma memória republicana (Natal - 1906-1919). 2011. 287 f. Dissertação (Mestrado em História e Espaços) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Portuguese Abstract: O presente trabalho, partindo de uma perspectiva que pensa o espaço como categoria histórica e, sobretudo, como relação na qual se destaca o papel dos objetos, visa propor uma análise do processo de construção de uma memória republicana na cidade do Natal, no começo do século XX, a partir de dois objetos: o obelisco inaugurado em 1917, na Praça André de Albuquerque, na ocasião das comemorações do 1° centenário da morte de Frei Miguelinho; e o quadro intitulado Julgamento de Frei Miguelinho , encomendado pelo Governo do Estado ao pintor fluminense Antônio Parreiras, para figurar no Salão Nobre do Palácio do Poder Executivo de então. A proposta mais geral é a de analisar a construção dessa memória a partir desses objetos ao mesmo tempo em que se tenta pensar o papel destes objetos na construção dessa memória. Para tanto, nos propomos a traçar percursos nos quais fosse possível estabelecer relações associativas (entre pessoas, eventos, imagens, discursos, objetos, instituições etc.) que concorrem nesse processo, nesse caminho constitutivo de pertencimentos. Assim, o nosso procedimento foi o que acompanhar esses objetos através dos percursos dentro dos quais eles se tornaram possíveis, para que ao fim pudéssemos defender a ideia de que de que eles são participantes ativos dos processos que os instituem.
Abstract: This work, from a perspective that thinks the space as a historical category, and especially as a relationship which stresses the role of objects, proposes an analysis of the construction of a Republican memory in the city of Natal in the early twentieth century. This research will focus mainly on two objects: the obelisk opened in 1917, and the Andre de Albuquerque Square on the occasion of the celebration of Frei Miguelinho´s death centenary and the paint Julgamento de Frei Miguelinho ordered by the State Government to the painter Antonio Parreiras, picture that was in the Salão Nobre do Palácio do Poder Executivo of that time. In a geral way this work intend to analyse the construction of this memory as well as the role of these objects in this process. To achieve that, we propose to trace ways and networks to follow the possible associations(between people, events, images, discourses, objects, institutios etc.) in the constitution of mutual belongings. Thus, our procedure was to follow these objects through the pathways in which they became possible, so that in the end we could defend the idea that they are active participants of the process that establish them.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16951
Appears in Collections:PPGH - Mestrado em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DiegoS_DISSERT.pdf2,44 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.