Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/17248
Title: Padrão de atividades e de interações sociais de animais juvenis em dois grupos selvagens de Callithrix jacchus
Authors: Ribeiro, Marina Dal Poggetto
Keywords: Callithrix jacchus;Padrão de atividade;Interação social;Desenvolvimento;Ambiente natural;Callithrix jacchus;Pattern of activity;Social interaction;Develpment;Natural environment
Issue Date: 26-Sep-2007
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: RIBEIRO, Marina Dal Poggetto. Padrão de atividades e de interações sociais de animais juvenis em dois grupos selvagens de Callithrix jacchus. 2007. 93 f. Dissertação (Mestrado em Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Portuguese Abstract: O período juvenil representa a etapa de desenvolvimento entre o desmame e a maturidade sexual. O desmame é caracterizado como o momento em que o animal jovem pára de receber cuidados diretos dos cuidadores. Na espécie Callithrix jacchus, os indivíduos vivem em grupos familiares formados pelo par reprodutor e por sucessivas proles, que são, via de regra, gemelares. Os infantes deixam de ser amamentados precocemente nessa espécie. Em virtude disso, passam a ser provisionados pelos animais mais velhos, ou seja, mesmo não sendo amamentados, ainda recebem cuidados diretos. Apresentam intensa interação social, através de brincadeira, catação e contato social. Durante a infância o gêmeo se torna o principal parceiro de interação. Há poucos estudos sobre o período juvenil, em especial no gênero Callithrix. O objetivo deste trabalho foi descrever o padrão de atividades e a interação social de quatro proles na fase juvenil em dois grupos. Foi utilizado o focal instantâneo e contínuo para os juvenis e a varredura para os animais adultos. Os juvenis apresentaram o mesmo padrão dos animais adultos com relação ao orçamento de atividade e, em particular, ao forrageio ao longo dos meses. A composição da dieta foi dos mesmos itens dos adultos. A transferência de alimento cessou no decorrer do período. Tanto a brincadeira social quanto a catação foram importantes atividades de socialização dos animais juvenis. Os animais jovens foram os parceiros predominantes na brincadeira, com destaque para o gêmeo. Na catação prevaleceram os machos adultos. A marcação de cheiro diferiu nas proles mistas, com maior freqüência nas fêmeas. Os animais juvenis se mostraram independentes no forrageio. A interação social variou de acordo com a composição do grupo, porém, de forma geral, interagiram mais com o gêmeo e com demais indivíduos jovens (infantes e subadultos) na brincadeira social e com machos adultos na catação. Apesar de apresentarem muitas semelhanças, os juvenis já mostram algumas diferenças entre os sexos, em especial na freqüência da marcação de cheiro, o que indica a diferenciação com relação às estratégias reprodutivas entre os sexos já no período juvenil
Abstract: The juvenile period represents the developmental phase between weaning and sexual maturity. Weaning occurs when the youngster does not receive direct care from the caretakers anymore. Individuals in the species Callithrix jacchus live in groups composed by the reproductive pair and successive twin sets. Cooperative care is the rule. Infants are weaned early, and from then on, food is provided by the adults in the group. These animals present high levels of social interactions, through play, grooming and social contact. During infant age, the twin becomes the main partner. There are few studies about the juvenile period, especially on Callithrix gender. The objective of this study was describing the pattern of activities and social interactions of four sets (one single and three twin sets) during juvenile phase in two Callithrix jacchus groups. We used instantaneous and continuous focal sampling for juveniles and scan sampling for adults behavioral recordings. Juveniles presented the same behavioral pattern as the adults relating the activity budget, in particular, foraging along the months. The composition of the diet was the same as that of the adults. Food transfer ended along the juvenile period. Social play as much as grooming were important socializing activities for the juveniles. The young individuals in the group were the main partners in social play, specially the twin. Adults were the main partners in grooming interactions. Scent marking differed between twins in the male/female sets, the female presenting the highest levels of marking. The juveniles were independent from adults in foraging activity. Social interaction varied according to group composition, but in general, interacted more with the twin and with the youngsters (infants and subadults), except in grooming. Even presenting many similarities, juveniles showed some differences between genders, which indicates the differentiation in behavior towards reproductive strategies early in the juvenile period
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17248
Appears in Collections:PPGPSICO - Mestrado em Psicobiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MarinaPR.pdf311,67 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.