Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/17506
Title: Imagem sócio-ambiental do bairro de Cidade Nova, Natal-RN, por seus moradores
Authors: Góes, Rachel Medeiros de
Keywords: Psicologia ambiental;Percepção ambiental;Imagem sócio- ambiental;Multimétodos;Cidade Nova.;Environmental psychology;Environmental perception;Socio- Environmental image;Multimethod;Cidade Nova.
Issue Date: 28-Mar-2011
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: GÓES, Rachel Medeiros de. Imagem sócio-ambiental do bairro de Cidade Nova, Natal-RN, por seus moradores. 2011. 116 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Portuguese Abstract: Esta dissertação investiga a imagem sócio-ambiental do bairro Cidade Nova, situado na zona Oeste de Natal-RN, tendo como base o modo como ele é percebido por seus moradores, e pretendendo contribuir tanto para a definição de estratégias de intervenção urbana e de educação ambiental na área, quanto para a consolidação de um modo de abordagem para esse tipo de problemática. A realização da pesquisa de campo recorreu a uma estratégia multimétodos e consiste em: (a) levantamento da história local a partir de estudo bibliográfico, dados registrados pela Prefeitura, notícias veiculadas em jornais da cidade e entrevistas com moradores antigos; (b) aplicação de questionários a moradores, incluindo afetos, percepção visual, memória e atividades sociais no local; (c) elaboração de desenho do bairro; (d) realização de grupos focais com moradores, usando como ponto de partida os resultados obtidos nas atividades anteriores. Na etapa ―b‖ e ―c‖, participaram 32 moradores do bairro, sendo 16 Agentes Comunitários de Saúde e 16 pessoas indicadas por eles. Na etapa ―d‖ participaram 10 pessoas, divididas em dois grupos. O resultado da pesquisa mostrou que imagem de Cidade Nova elaborada pelos moradores coincide com a imagem veiculada pela mídia em relação aos aspectos: violência, lixo, políticas públicas/apoio social e valorização das belezas ambientais (dunas e Parque da Cidade). Embora tenham considerado o bairro um lugar sujo, barulhento e inseguro, a maioria dos participantes afirmam gostar de morar no local. De forma geral, os resultados obtidos corroboram e ganham explicações teóricas, à medida que se inter-relacionam. A Imagem Sócio-Ambiental é expressa, por exemplo, nos elementos dunas, lixão, linha férrea e Avenida Central, que ganham conotação simbólica influenciada pelo tempo e pelo contexto sócio-econômico. Assim, a insegurança e outras características negativas (atribuídas pelo morador e pela mídia) são paralelas ao apego ao lugar, de modo que a legibilidade ambiental, o/a tempo/familiaridade e a territorialidade ajustam ao morador àquele local de moradia, que afirma preferir com relação a outros pontos da cidade, configurando a sua identidade social.
Abstract: This dissertation investigates how the neighborhood of Cidade Nova, located in the western side of the of Natal, is perceived by its residents in order to understand its socio-environmental image, intending to contribute both to define strategies of urban intervention and environmental education in the area and to consolidate a methodology that addresses this kind of problem. The completion of field research used a multimethod strategy to study the socio-environmental image of urban areas. It consists of: (a) review of local history from literature research, data recorded by the City Hall, news published on the city's newspapers and interviews with former inhabitants, (b) application of questionnaires to inhabitants including emotions, visual perception, memory and local social activities, (c) development of a drawing of the district, (d) conducting focus groups with inhabitants, using as a starting point the results obtained in the previous activities. In steps "b" and "c" attended 32 neighborhood residents, 16 of them being Community Health Workers and other 16 persons appointed by them. In step "d" 10 individuals took part, divided into two groups. The result of the research showed a picture of residents coincident with the image conveyed by the media in relation to the issues: violence, garbage, public policy/social support and appreciation of the beauties of environmental (dunes and Parque da Cidade park). Although Cidade Nova has been regarded as a dirty, noisy and dangerous place, most of the participants say they enjoy living on the neighborhood. Overall, the results corroborate and gain theoretical explanations, as they are interrelated. The socio-environmental image is expressed for instance in the elements dunes, dump, railroad tracks and Central Avenue that gain symbolic connotation influenced by time and socio-economic context. The insecurity and other negative characteristics assigned by the inhabitants and the media are parallel to the place attachment, since the environmental legibility, the time/familiarity and territoriality offer inhabitants the preference for place of residence, setting up their social identity.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17506
Appears in Collections:PPGPSI - Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RachelMG_DISSERT.pdf3,33 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.