Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/17534
Title: Evidências de validade do Millon Behavioral Medicine Diagnostic (MBMD) na avaliação psicológica de candidatos à cirurgia bariátrica
Authors: Lucena, Marianna Carla Maia Dantas de
Keywords: Avaliação psicológica. Cirurgia bariátrica. Adesão ao tratamento. Millon Behavioral Medicine Diagnostic;Psychological Assessment. Bariatric Surgery. Treatment Adherence. Millon Behavioral Medicine Diagnostic
Issue Date: 10-May-2013
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LUCENA, Marianna Carla Maia Dantas de. Evidências de validade do Millon Behavioral Medicine Diagnostic (MBMD) na avaliação psicológica de candidatos à cirurgia bariátrica. 2013. 123 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Portuguese Abstract: o Millon Behavioral Medicine Diagnostic é um instrumento elaborado a partir do consenso entre profissionais de saúde, visando identificar fatores psicológicos que venham a comprometer tratamentos médicos para que sejam conduzidos de modo a viabilizar uma melhor adesão. Como tem sido um dos instrumentos mais utilizados para avaliação em cirurgia bariátrica em outros países, o objetivo desta pesquisa é verificar evidências de validade do Millon Behavioral Medicine Diagnostic (MBMD) para avaliação psicológica de candidatos a cirurgia bariátrica. Método: voluntários dos sexos masculino e feminino, com idades entre 18 a 70, agrupados em 150 pacientes internados para procedimentos cirúrgicos ou portadores de doenças crônicas (grupo controle) e 426 pacientes candidato à cirurgia bariátrica, contatados presencialmente ou por intermédio de uma página na internet. Para os estudos também foram administrados no grupo presencial de bariátrica o Millon Index of Personality Styles (MIPS), o Millon Clinical Multiaxial Inventory-III (MCMI-III) e o Questionário de Saúde Geral de Goldberg, apenas nos pacientes de cirurgia bariátrica. Resultados: há indicadores de adaptação semântica do instrumento, com 27 fatores em seus cinco domínios, todos com índices satisfatórios de validade. Os indicadores de precisão se mostraram satisfatórios em 18 das 32 escalas que compõem o MBMD, ao passo que as relações com os outros três instrumentos apresentaram variações importantes se comparados aos indicadores originais. O MBMD se mostrou sensível às diferenças entre grupos quanto ao sexo, faixa etária, escolaridade, estado civil, Índice de Massa Corporal (IMC), presença de comorbidades e em portadores de doenças crônicas com e sem obesidade. O uso deste instrumento nas avaliações de candidatos à cirurgia bariátrica apresenta indicadores de validade tendo em vista as limitações quanto à precisão de determinadas escalas
Abstract: the Millon Behavioral Medicine Diagnostic is an instrument, developed from a consensus among health professionals, to identify psychological factors that may compromise the conducting of medical treatment in order to allow a better adhesion. As it has been one of the most used tools to assess bariatric surgery, the objective of this research is to verify the evidence validity of Millon Behavioral Medicine Diagnostic (MBMD) for psychological assessment of candidates for bariatric surgery. Method: males and females volunteers, aged 18 to 70, grouped in 150 patients admitted for surgical procedures or suffering from chronic diseases (control group) and 426 patients candidates for bariatric surgery, contacted in person or by the internet. For the study in the face group were also administered Millon Index of Personality Styles (MIPS), the Millon Clinical Multiaxial Inventory-III (MCMI-III) and the General Health Questionnaire of Goldberg, just in bariatric surgery patients. Results: there are indicators of semantic adaptation of the instrument, with 27 factors in five areas of the instrument, all with satisfactory levels of validity. The reliabitity indicators were satisfactory in 18 of the 32 scales that comprise the MBMD, while relations with the other three instruments showed significant variations compared to the original indicators. The MBMD was sensitive to differences between groups about gender, age, education, marital status, body mass index, comorbidities and chronic disease patients and with or without obesity. The use of this instrument in the assessment of candidates for bariatric surgery presents indicators of validity in view the limitations as to the realiability of certain scales
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17534
Appears in Collections:PPGPSI - Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariannaCMDL_DISSERT.pdf1.34 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.