Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/18872
Title: A relação urbano-rural no contexto da metrópole: um enfoque nos assentamentos rurais da RMN
Authors: Lopes, Rosa Maria Rodrigues
Keywords: Metrópole;Urbanização;Ruralidade;Relação urbano-rural;Metropolis;Urbanization;Rurality;Urban-agricultural relation
Issue Date: 13-Oct-2008
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LOPES, Rosa Maria Rodrigues. A relação urbano-rural no contexto da metrópole: um enfoque nos assentamentos rurais da RMN. 2008. 198 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmica e Reestruturação do Território) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Portuguese Abstract: O trabalho ora apresentado busca fazer uma análise da relação urbano-rural no contexto do processo de metropolização de Natal. Com base nesse enfoque buscou-se discutir a estruturação do espaço urbano brasileiro e sua relação com o rural, evidenciando um debate acadêmico pouco contemplado, tendo em vista que as transformações espaciais orientadas pela industrialização brasileira ganharam como respaldo um sentido meramente urbano, fato que negligenciou fatores mais complexos que perpassam pela relação urbano-rural no contexto da urbanização e, mais recentemente, da metropolização. Outro fator importante na construção do trabalho foi a contextualização da urbanização do Rio Grande do Norte, assim como da metropolização de Natal, onde se fez uma análise da configuração metropolitana na atualidade expondo a presença significativa de uma realidade rural que inclusive se mantém e reproduz a metrópole, fato que condiciona e justifica o tratamento da realidade metropolitana pelo viés da relação urbano-rural. O enfoque dessa relação foi direcionado para os assentamentos rurais da Região Metropolitana de Natal (RMN), entendidos como fragmentos rurais no contexto da metrópole, tendo em vista que foi observada uma tênue correspondência desses assentamentos com a metrópole no sentido de sua integração. Como metodologia utilizou-se levantamento bibliográfico em periódicos e livros e levantamento de dados secundários coletados junto ao IBGE e ao INCRA e ainda foi encaminhada uma pesquisa de campo onde foram realizadas entrevistas junto aos assentados. Nesse sentido, constatou-se que a metropolização também absorve e até mesmo reproduz a ruralidade que se verifica na RMN acabando por minar a idéia de um urbano que exclui o rural. No caso da RMN, temos o rural e o urbano se conformando num mesmo espaço que é metropolitano
Abstract: The work however presented try to make an analysis of the relation urban-agricultural in the context of the process of metropolization of Natal. On the basis of this approach searched to argue the estruturation of the Brazilian urban space and the relation with the agricultural one, evidencing an academic debate little contemplated, in view of that the space transformations guided by Brazilian industrialization had earned as endorsement a mere urban direction, fact that neglected factors more complex than they for the urban-agricultural relation in the context of the urbanization and, more recently, of the metropolization. Another important factor in the construction of the work was the contextualization of the urbanization of the Rio Grande do Norte, as well as of the metropolization of Natal, where if the significant presence of an agricultural reality made an analysis of the configuration metropolitan in the present time displaying that also remains and reproduces the metropolis, fact that conditions and justifies the treatment of the reality metropolitan for the bias of the urban-agricultural relation. The approach of this relation was directed for the agricultural nestings of the Region Metropolitan of Natal (RMN), understood as fragments agricultural in the context of the metropolis, in view of that a tenuous correspondence of these nestings with the metropolis in the direction of its integration was observed. As methodology one used bibliographical survey in periodic and books and collected secondary data-collecting next to the IBGE and to the INCRA and still were directed a field research where interviews next to the seated ones had been carried through. In this direction, one evidenced that the metropolization also absorbs and even though it reproduces the ruralidade that if verifies in the RMN finishing for mining the idea of an urban one that it excludes the agricultural one. In the case of the RMN, we have agricultural and the urban one exactly if conforming in one space that is metropolitan
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18872
Appears in Collections:PPGe - Mestrado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RosaMRL.pdf2.15 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.