Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/18915
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCosta, Ademir Araújo dapt_BR
dc.contributor.authorLima, Bruno Luiz Philip dept_BR
dc.date.accessioned2015-03-13T17:10:43Z-
dc.date.available2011-05-26pt_BR
dc.date.available2015-03-13T17:10:43Z-
dc.date.issued2010-11-19pt_BR
dc.identifier.citationLIMA, Bruno Luiz Philip de. De baixo para cima: implicações socioespaciais da transferência da feira livre na (re)produção do espaço urbano de Nova Cruz-RN (1991-2010). 2010. 172 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmica e Reestruturação do Território) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18915-
dc.description.abstractThe present work is about the reproduction of the urban area of Nova Cruz RN, with the objective of analyzing the social and spatial implications of the relocation of the main street market in the city from 1991 on. Nowadays, the city of Nova Cruz takes over importance in the potiguar social and spatial scenario due to its condition of central city which is practiced for decades in Potiguar Agreste Microregion. Beginning with its formation process connected with traveler‟s hostel which assisted the activity of cattle transportation, further in time by the golden era of cotton production in its territory, it was noticed that its importance in relation with the nearby towns has been happening differently throughout time. From the year 1991 on, the town of Nova Cruz has gone through a territory restructuring of its urban area due to the relocation of the open market from Downtown neighborhood to São Sebastião neighborhood. Such territorial movement resulted in a reformation of the town‟s urban space, promoting in both neighborhoods urban growth and the expansion of commercial activity associated with the migration of the commercial center of the city. The transference of the commercial area has caused these processes through the new uses of the land towards the São Sebastião region, it has also caused a decrease in market value of the downtown area as a result of the breakdown of previous existing business activities, their service contribution and the citizen migration, establishing a space and socioeconomic portrait in the neighborhood. From this context, our analysis seeks to understand the social and spatial impacts occurred in Downtown neighborhood, the way in which the production and reproduction of the urban space in São Sebastião neighborhood and the implications resulted from the actions of the administrative power in restructuring of the urban space of Nova Cruz. In order to do so, a bibliographical research was used to compose our theoretic-conceptual mark, discussing the matter with authors such as Roberto Lobato Corrêa, Ana Fani, Milton Santos, Manuel Castells e Heri Lefvbre, among others, discussing on the subject of urban analysis, the concepts of urban space and the process of reproduction of the urban space. A field research was utilized in our area of study by means of primary data gathering through interviews, questionnaire and photographic register. Secondary data gathering was also obtained by means of bibliographical and documental research related to our study object. By these means, it was sought to contribute to the understanding of the urban space through its production and reproduction based upon the discovery of social and spatial practiceseng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEspaço urbanopor
dc.subject(Re)produção espacialpor
dc.subjectFeira livrepor
dc.subjectDinâmica socioespacialpor
dc.subjectUrban spaceeng
dc.subjectSpace reproductioneng
dc.subjectStreet Marketeng
dc.subjectSocial and spatial dynamicseng
dc.titleDe baixo para cima: implicações socioespaciais da transferência da feira livre na (re)produção do espaço urbano de Nova Cruz-RN (1991-2010)por
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geografiapor
dc.contributor.authorIDpor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/2072264465659369por
dc.contributor.advisorIDpor
dc.contributor.advisorLatteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4761190Y0por
dc.contributor.referees1Azevedo, Francisco Fransualdo dept_BR
dc.contributor.referees1IDpor
dc.contributor.referees1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2719998085102847por
dc.contributor.referees2Jesus, Gilmar Mascarenhas dept_BR
dc.contributor.referees2IDpor
dc.contributor.referees2Latteshttp://lattes.cnpq.br/1720545300462805por
dc.description.resumoO presente trabalho versa sobre a (re)produção do espaço urbano de Nova Cruz-RN, objetivando analisar as implicações socioespaciais oriundas da realocação da principal feira livre da cidade a partir do ano de 1991. A cidade de Nova Cruz, atualmente, assume importância no cenário socioespacial potiguar devido a sua condição de cidade central que é exercida desde décadas na Microrregião Agreste Potiguar. A iniciar pelo seu processo de formação ligado a hospedaria de viajantes que transportavam gado, mais posteriormente pelo áureo momento de produção algodoeira em seu território, constatamos que sua importância para com as cidades próximas vem se dando de modo diferenciado ao longo do tempo. A partir do ano de 1991, a cidade de Nova Cruz passou por uma reconfiguração territorial de seu espaço urbano devido a realocação da feira livre da cidade do bairro Centro para o São Sebastião. Essa dinâmica territorial resultou na (re)produção de seu espaço urbano, promovendo ao mesmo tempo crescimento urbano e expansão da atividade comercial, junto com a migração do centro comercial da cidade. Contudo, ao mesmo tempo em que a transferência da feira desencadeou esses processos através de novos usos do solo na direção do bairro São Sebastião, provocou também a desvalorização econômica do bairro Centro, através da desativação de estabelecimentos comerciais, da perda de funções até então exercidas e da migração de moradores, estabelecendo um quadro de degradação espacial e socioeconômica no bairro. Partindo desse contexto nossa análise busca entender os impactos socioespaciais ocorridos no bairro Centro, a forma como ocorreu a produção e reprodução do espaço urbano no bairro São Sebastião e as implicações da ação do poder público na reestruturação do espaço urbano novacruzense. Para tanto, recorremos a pesquisa bibliográfica para a composição de nosso marco teórico-conceitual, dialogando com autores como Roberto Lobato Corrêa, Ana Fani, Milton Santos, Manuel Castells e Heri Lefvbre, dentre outros, discutindo sobre a análise do urbano, a conceituação do espaço urbano e o processo de (re)produção do espaço urbano. Recorremos, também, ao desenvolvimento de uma pesquisa de campo em nossa área de estudo, por meio da obtenção de dados primários através de entrevistas, questionários e registro fotográfico, além da obtenção de dados secundários por meio de pesquisa bibliográfica e documental acerca de nosso objeto de estudo. Desse modo buscamos colaborar para a compreensão do espaço urbano através de sua produção e reprodução fundamentadas no desvendamento das práticas socioespaciaispor
dc.publisher.departmentDinâmica e Reestruturação do Territóriopor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIApor
Appears in Collections:PPGe - Mestrado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BrunoLPL_DISSERT.pdf4,35 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.