Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19323
Title: Brazilian cinema and the myth of “Rio de Janeiro: the marvelous city”
Other Titles: Cinema brasileiro e o mito “Rio de Janeiro: a cidade maravilhosa”
Authors: Costa, Maria Helena Braga e Vaz da
Keywords: Myth;Urban and cultural identity;Cinematic city;Rio de Janeiro
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade do Vale do Rio dos Sinos
Citation: COSTA, Maria Helena Braga e Vaz da. Cinema brasileiro e o mito -Rio de Janeiro: a Cidade Maravilhosa. Revista Fronteiras: estudos midiáticos, Porto Alegre, v. 15, p. 191-201, Set./Dez. 2013. ISSN: 1984-8226. Disponível em:<http://revistas.unisinos.br/index.php/fronteiras/article/view/fem.2013.153.05/3711> Acesso em: 20/05/2015
Portuguese Abstract: This paper will discuss the representation of the “myth” of the marvelous city attributed to the Brazilian city of Rio de Janeiro by looking at the contemporary Brazilian film production and its creation of new paradigms for representing and understanding Brazilian cultural identity. It will also comment on the concept of production of space through the analysis of the cinematic representation of Rio de Janeiro in the film The Man of the Year (O Homem do Ano, José Guilherme Fonseca, 2002). This film generally touches on many relevant matters related to the understanding of contemporary Brazilian urban life and cultural identity commenting on the concepts and discussion such as: the city of imagination; the city as a product of a certain cultural uneasiness in relation to current concerns about identity and its confusing relationship to time and space; the city as embodying the notion of an entire country imagery; and finally, the city combining two opposing poles: the city as a civilized and modern space and the city as a traditional and primitive space.
Abstract: Esse trabalho discute a representação do “mito” da cidade maravilhosa atribuído à cidade do Rio de Janeiro através de uma reflexão sobre a produção cinematográfica brasileira contemporânea e a criação de novos paradigmas de representação e entendimento da identidade cultural brasileira. Trata-se aqui também do conceito de produção do espaço por meio da análise da representação fílmica do Rio de Janeiro no filme O Homem do Ano (The Man of the Year, José Guilherme Fonseca, 2002). Esse filme discute de forma genérica sobre vários elementos relacionados ao entendimento da vida urbana brasileira contemporânea e sua identidade cultural comentando sobre conceitos e discussões do tipo: a cidade da imaginação; a cidade como produto de certa instabilidade em relação à problemática do conceito de identidade e sua relação confusa com/no tempo e espaço; a cidade que comporta a representação imagética de todo o país; e, finalmente, a cidade que combina dois polos opostos: a cidade como um espaço moderno e civilizado e a cidade tradicional do espaço primitivo.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19323
ISSN: 1984-8226
Appears in Collections:CCHLA - DEART - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Helena Braga_Cinema brasileiro e o mito.pdf478.15 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.